UNIVERSIDADES PÚBLICAS TIVERAM VERBAS CORTADAS POR TER OCORRIDO SUPOSTO ATO POLÍTICO. PEGADINHA DO MALANDRO!? NÃO

Abrindo espaço para a privatização de instituições de ensino superior, o ministro da Educação, Abraham Weintrab, determinou o corte de pelo menos 30% dos recursos da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade Federal da Bahia (UFBA) por terem permitido que ocorressem supostos atos políticos, classificados por ele como “balbúrdia”; “Universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”, disse Weintrab. (247)

República de bananas é muito pouco pra tudo isso, nem mesmo a querida Sucupira de Odorico Paraguaçu faria um absurdo desses. Estamos lascados, parafraseando Gordurinha, eu digo: meu Deus, anulai a profecia, pois o mundo qualquer dia/vai mergulhar num vulcão.

Uma resposta para UNIVERSIDADES PÚBLICAS TIVERAM VERBAS CORTADAS POR TER OCORRIDO SUPOSTO ATO POLÍTICO. PEGADINHA DO MALANDRO!? NÃO

  1. Florêncio martins abril 30, 2019 às 1:57 pm #

    Isso são absurdos contra a educação
    Os jovens têm direito a manifestações faz parte da vida. Depois vem dizendo que os comunistas
    Algo que nunca teve poder no Brasil , doutrinava os alunos . E agora é no chicote.

    Cadê Queiroz.

Deixe uma resposta