HILDÉCIO DESAFIA TODOS OS POLÍTICOS DE CAIRU E AINDA MANDA RAMIRO ENTRAR COMO CONTRA-PESO NA BRIGA

HILDHá algum tempo, coisa de um a dois meses, em conversa com o deputado Hildécio Miereles, ele me dizia da sua revolta com o prefeito Fernando Brito. Hildécio dizia que nunca se interferiu na gestão do prefeito e que jamais opinou sobre qualquer coisa na sua adminstração, e por isso não via motivos para ele se revoltar e fazer o que fez. “Eu não sou homem de entrar em conversa de bastidores, meu negócio é na tampa, falo logo ali. Por isso, Pelegrini, eu vou mostrar ao prefeito Fernando Brito que eu estou vivo, vou tomar a prefeitura dele na próxima eleição”, falava o deputado, mas explicava que não seria ele o candidato pois iria cumprir o mandato que o povo o delegou.

Ontem (30), na Rádio Clube de Valença, no Programa Espaço Aberto, encontrei novamente o deputado e comentei sobre as previsões que Ramiro fez aqui no blog, onde ele diz que Hildécio está morto em Cairu, alegando que o homem forte de lá, agora é Fernando Brito, apoiado pelos políticos Maneca Ché, Peleteiro e Luiz Mendonça. Hildécio mais uma vez coçou a barriga do baiacu, e mandou o recado, “Diga a Ramiro pra ele também entrar nesse reforço político, como contra-peso, porque eu vou derrubar todos eles”, desafiou o deputado.

26 Respostas para HILDÉCIO DESAFIA TODOS OS POLÍTICOS DE CAIRU E AINDA MANDA RAMIRO ENTRAR COMO CONTRA-PESO NA BRIGA

  1. Roberto carlos janeiro 31, 2015 às 5:33 am #

    Ramiro boca calada não entrar mosquito!!

  2. canoeiro janeiro 31, 2015 às 8:58 am #

    É o deputado e o povo contra o resto. Desde quando Luiz Mendonça é politico em Cairu??
    Ele sempre chega de helicóptero com algum serviçal segurando seu Whisky destila meio tanto de raiva e depois zarpa. Pergunte pra ele quantos empregos ele gerou em Cairu ou então quantos empregados cairuense ele tem na sua empresa?

  3. Roberto Carlos janeiro 31, 2015 às 8:41 pm #

    Parabéns Deputado agora você falou como grande líder político do baixo sul!

  4. CAIRU janeiro 31, 2015 às 10:52 pm #

    ESSE HOMEM É RETADO, POR ISSO, ESTOU COM ELE E NÃO ABRO!

  5. XPTO fevereiro 1, 2015 às 5:38 am #

    Quero ver, na prática, qual dos dois realmente tem densidade eleitoral e é a verdadeira raposa na política: Ramiro ou Hildécio. A briga está feita no ninho da centro-direita do Baixo Sul. Agora, o que me interessa saber quais serão os desdobramentos dessa briga nas eleições do ano que vem.

    Se Hildécio foi vitorioso no ano passado, ao se eleger deputado estadual com a votação que teve na região, a defecção de seu pupilo e sucessor Fernando Brito quebra sua trajetória ascendente e mancha sua capacidade de articulação – como alguém pode ser líder se sua base se rebela e rompe, indo para oposição? Hildécio agora enfrenta o problema de passar mais tempo em Salvador, fazendo menos corpo-a-corpo político com seus eleitores, além de seu poder ser menos aparente que o Fernando, presente no cotidiano da ilha e sendo a pessoa que realmente executa a obras no município (pelo menos, no imaginário dos eleitores). E com Hildécio tendo esse pepino, será que ele terá tempo para articular outras candidaturas na região?

    Não gosto, politicamente falando, de Ramiro. Contudo, tenho que reconhecer uma coisa: Do jeito que as coisas vão, talvez Hildécio tenha mais chances em Valença do que em Cairu na eleição municipal de 2016. Por enquanto, só nos resta assistir a essa novela.

  6. Roberto Carlos fevereiro 1, 2015 às 8:18 am #

    Vixeee..Sr.Pelegrini acabaram de me ligar falando que o prefeito de Cairu montou uma fiscalização para evitar que os aluadosentre asparas e funcionários da prefeitura de Cairu var na posse do nosso Deputado e Líder político do Baixo Sul… virou ditadura primeira Dama???

  7. Roberto Carlos fevereiro 1, 2015 às 8:20 am #

    Corrigindo..proibindo que os aliados políticos por nescessidade e funcionários da prefeitura compareçam na posse de HM..

  8. pelegrini fevereiro 1, 2015 às 11:20 am #

    XPTO, essa é uma novela que nem mesmo o autor sabe o final.

  9. cairuense fevereiro 1, 2015 às 12:09 pm #

    Caro XPTO essa novela se criou apenas por uma desesperada vontade de Fernando se reeleger. Ele estar fazendo isso da forma mais inadequada possível. Cacifa adversários comuns a HM e a ele próprio. Ninguem duvide que Maneca saia candidato a prefeito pra concorrer com o próprio Fernando.Não acredito que a trajetória politica daquele que tem quase trinta anos de militância esteja vinculado a uma instabilidade emocional do atual gestor. So pra ilustrar veja que Fernando deu ao deputado federal 1200 votos em Cairu e ai mesmo Hildecio teve 5300. Essa liderança de Fernando não tem sobrevida de um mês quando ele perder a caneta ameaçadora.
    Agora bom mesmo era que todos estivéssemos torcendo pelo desenvolvimento regional. Procurássemos nos espelharmos em Santo Antonio de Jesus que cresce a cada dia enquanto nós ficamos aqui fomentando essas picuinhas.

  10. XPTO fevereiro 1, 2015 às 2:01 pm #

    Caro cairuense, eu não acredito muito nesse exemplo de SAJ, porque a política é muito mais complexa. E mesmo lá não havia assim tanto esse “consenso” pela desenvolvimento regional. Falo porque fiz meu curso de História na UNEB de lá e observei como se davam as coisas. O que esse negão aqui está interessado é ir além dessa picuinha superficial. Quero ver esse desdobramentos dessa novela, por assim dizer, extemporânea.

    Logo depois do primeiro turno da eleição de 2014, exagerava-se no potencial político de Hildécio. Aventava-se qual era possibilidade dele se candidatar em Valença, uma vez que Cairu estava tranquilo com seu pupilo Fernando. As articulações que vimos nesse começo de ano, com Ricardo Moura e Cláudio Queiroz se confraternizando com ele indicam até onde estava indo essa conversa. Ora, Fernando rompe e ameaça tirar a principal base eleitoral de Hildécio. Se fez isso para não depender de Hildécio na sua reeleição, é um caminho legítimo que Fernando optou fazer e que na história republicana da Bahia possui exemplos a granel (quantos governadores foram eleitos com o apoio de antecessor para depois romper com os mesmos?). Unir-se a antigos adversários é coisa igual válida. O que vejo, na minha opinião, é que isso complica a caminhada política de Hildécio. Querendo ou não, queima um pouco o seu filme como liderança política e atrapalha outras jogadas. Isso não devemos deixar de perceber. No mais, Hildécio teve a votação que teve para deputado estadual, mas eleição municipal é outro papel, as decisões são mais difíceis por envolver as relações pessoais. Além disso, repito, Hildécio está mais longe do Fernando no cotidiano do povo. Enquanto Hildécio legislará em Salvador, Fernando tocará as obras em Cairu.Será Fernando quem terá uma máquina mais azeitada a seu favor e não se sabe quais são os acordos que Fernando montou com os Ché e com Peleteiro para 2016. Será que Hildécio terá mesmo essa força toda, sem ter uma boa base ou um bom nome lá? E como isso irá interferir nas eleições de Valença – uma vez que o PMDB local precisará muito de prestígio de Hildécio para se manter no páreo? Pergunto apenas.

    Seria bom que algum grupo independente pudesse fazer uma pesquisa para saber quem tem mais popularidade e quem tem mais voto em Cairu. Hildécio ou Fernando. Isso ajudaria a balizar as análises e ver se essa frente Fernando-Maneca-Peleteiro terá condições de vingar politicamente ou se Hildécio é mesmo o grande Cacique das Ilhas. O que vejo é que, até 2016, Cairu irá pegar fogo na política e isso terá reflexos na política de Valença.

  11. cairuense fevereiro 1, 2015 às 5:57 pm #

    Caro Historiador ,como funcionário da PMC e cairuense nato me sinto lisonjeado por ler que a politica de Valença aguarda o desenrolar da politica de cá. Quero te informar que esse acordo com Peleteiro só existe no desejo de alguns. Me deixa triste um negão como vc achar legitimo o caminho que Fernando tomou e que é super natural na politica, Bahia afora. Essa naturalidade parece ser por ter sido na direção do partido que vcs defendem.
    Aqui em Cairu, todos o tem como traidor de quinta categoria. Existe aqui, grande insatisfação por ver um grupo que sistematicamente foi afastado da vida politica através do voto, ser de uma hora pra outra, guinado ao poder apenas pela vontade do senhor prefeito. Isto esta transtornando a vida de nós funcionários que estamos tendo de conviver com a opressão diariamente. Agora amigo, quem esta aqui e acompanha a nossa politica sabe da força que HM acumulou durante todos esse anos e todos dizem que Fernando esta num pântano de areia movediça. Aguardemos pra ver a força dele depois que ele largar a prefeitura.

  12. Roberto Carlos fevereiro 1, 2015 às 9:10 pm #

    Quando encontrar com o meu deputado,irei aconselhar para que tome um banho de maus olhados..a que ponto chegou!! A política de Cairu encomodar tanto os cientistas,historiadores e raposas velhas de Valenca..Hildecio foi eleito por merecimento,por provar competência,foi sacaneado até onde conseguiram,mas a vitória não só pertence a Hildecio como um povo do Baixo Sul. O atual prefeito tem tanto prestígio que apenas consegui-o 1.200 votos para o candidato a deputado federal,pois bem, ainda precisamos duvidar,falar lero lero em dizer que Fernando e líder político em Cairu? Na minha inguinorancia politica foi a melhor coisa que aconteceu nessa eleição,além da vitória de HM,Hildecio tirou um abacaxi das costas dele,não terá mais como apoioa-lo para reeleição,e eles podem se prepararem por quer vem madeira de dar em doido..o maior cabo eleitoral em Cairu e o próprio prefeito,Hildecio aprendeu política em Cairu a 40 anos atrás,por tanto tenho certeza que o povo de Cairu já mais esquecerá o trabalho dele em todo município..agora fica pessoas que não tem nada haver com Cairu a ta excedendo e enfeitando as palavras para cria ibope..me faça uma garapa,viu?

  13. Lua fevereiro 2, 2015 às 9:20 am #

    ABRA O OLHO, JOVEM!

    Na minha opinião, a briga entre Fernando e Hildécio é forjada. Essa tática eles aprenderam com Ramiro e resolveram simular em Cairu também. Eles se sentiam ameaçados pelo poderoso Luiz Mendonça porque dinheiro conta muito em eleição aqui no Baixo Sul, em qualquer cidade. Agora, tudo deu certo. Luiz Mendonça agora é Fernando desde pequenininho.
    Pistas de que a briga é uma farsa eleitoral: veja as empresas controladoras das áreas de maior recursos em Cairu. Ainda não mudou nada. E nem vai. Continua como dantes no quartel de abrantes. Para mim, isso nem é uma pista. É uma prova cabal.
    Hildécio não é menino. Fernando também não.

  14. Antonio fevereiro 2, 2015 às 4:26 pm #

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkMe desculpem mas não consegui me controlar! Um diz que Fernando é o homem forte em Cairu. Outro chama Luiz Mendonça de poderoso! Meu Deus, acho que pra quem não mora em Cairu é melhor ficar calado! A prefeitura de Cairu deve aos funcionários, deve aos fornecedores, deve o cheque solidário, ta demitindo médicos, falta remédio no posto de saude do morro de são paulo, a primeira dama é maluca e perseguidora! Onde ta a força de Fernando? Será que é igual a força da gravidade? Pra baixo?! Luiz Mendonça é um palhaço, nunca deixou nada de produtivo pra Cairu. Não conheço ninguem de Cairu que ele deu alguma oportunidade de emprego. Onde é que ta o poder politico de Luiz Mendonça?! Realmente tenho que deixar de ler essas coisas, chega a ser patético!

  15. XPTO fevereiro 2, 2015 às 4:41 pm #

    Caro cairuense,

    Minhas observações são de cunho puramente analítico e o meu interesse é porque, com a eleição de Hildécio como deputado, aventa-se o nome dele como um dos potenciais candidatos ou, pelo menos, cabo eleitoral de peso em alguma composição. Isso é um fato que ninguém pode negar. Se mantivesse o quadro em Cairu, naturalmente Hildécio estava mais tranquilo para articular-se com outras candidaturas no Baixo Sul (até mesmo pensar numa candidatura em Valença, se assim ele achar interessante). Contudo, com essa guinada, os planos mudam e isso, claramente, terá repercussões em algumas cidades da região.

    Quanto ao fato da “legitimidade da ação de Fernando Brito” ou da “Naturalidade”, só gostaria de esclarecê-lo que não fiz NENHUM JUÍZO DE VALOR. Para mim, não está em jogo se é “o certo” ou “o errado”. Mas, como historiador, falo de FATOS que acontecem.

    É histórico, é da prática da arte da política, como caminho POSSÍVEL, que um detentor de um cargo público rompa com seus aliados e até se alie a antigos adversários. Exemplo disso foi Napoleão Bonaparte romper com os revolucionários republicanos mais exaltados para restaurar uma ditadura com ares de monarquia, da mesma forma que o presidente Washington Luís rompeu com seus antigos aliados mineiros para forçar a eleição de Júlio Prestes e Vital Soares como presidente e vice. Ou mais recentemente, os rompimentos de Marcelo Alencar e Anthony Garotinho com Brizola.

    Da mesma forma a alusão sobre “criatura rebelar-se contra seu criador”, equivoca-se você tratar isso como algo contemporâneo ligado ao partido que você presume que eu defenda. Estou me referindo ao que aconteceu na Bahia durante o período da República Velha (1889-1930). Se leres o livro “Partidos Políticos da Bahia na Primeira República: uma política de acomodação”, da Dra. Consuelo Novais Sampaio (EDUFBA), verá que o que mais aconteceu foi um governador indicar um sucesso a partir de alguém de sua claque para que, no momento que esse assumir, formar a sua e muitas vezes aniquilava a de seu sucessor. Góes Calmon surge das claques de J.J. Seabra, da mesma forma que este foi cria de Severino Vieira. E, no entanto, As hostes calmonistas “engoliram” os seabristas, como estes engoliram os severianistas. Saliento que essa prática foi a da DIREITA CONSERVADORA que dominou a república oligárquica nos primeiros 40 anos de nossa república.

    Se essas práticas estão corretas no ponto de vista ético, é uma outra discussão a que não irei me ater no momento. Mas que elas existem e são FATOS, não podemos negar e dispensar de uma análise. Da mesma forma como ainda existem claques de caciques políticos que ainda permeiam nossa política, defendendo o personalismo nem sempre polítiizado. Exemplos aqui no Blog de Pelegrini não faltam. Espero que, depois desse esclarecimento, entenda melhor os pontos que estou tratando aqui.

    Quanto a percepção do povo de Cairu sobre a atitude de Fernando Brito como algo certo ou errado, eu me calo. Deixo isso para vocês resolverem. De minha parte, o que interesse (volto a afirmar) é os impactos nas eleições de Valença, pelos motivos que acima citei.

    Cordialmente

  16. Roberto carlos fevereiro 2, 2015 às 5:34 pm #

    Essa Lua só pode ser quadrada..como que as pessoas podem prejulgar sem base alguma?e simplesmente ridículo seu ponto de vista..deixa pra falar asneira para se mesmo!!!

  17. cairuense fevereiro 3, 2015 às 5:41 am #

    A lembrança de Napoleão Bonaparte foi feliz! Só destoa de Fernando por Napoleão ter sido um grande guerreiro não dando lugar a ridículas instabilidades emocionais que o caracteriza como neném chorão do baixo sul.A felicidade da comparação dá-se exatamente pela implantação, em Cairu, de uma ditadura com ares de monarquia. A figura da rainha Adriana Brito surge, então, como uma luva, excetuando evidentemente o ar de nobreza que não lhe é característico.
    Agora XPTO, como segundo vcs na politica tudo é possível, fico imaginando se Hildecio apoiar o PT nessa eleição de Valença onde vc não vai buscar a justificativa histórica.
    Me causa decepção a defesa ou a indiferença à determinadas praticas mesmo alicerçada nos mais vergonhosos fatos históricos. O que adianta a gente ter conhecimento de como se errava no passado, se no presente a gente termina contribuindo com eles simplesmente pela nossa omissão.
    Acredito na construção de uma sociedade mais decentes. Agora para isto temos que abrir mãos de um monte de amarras que nos prende a esse modelo indecente chamado de ” na politica”.
    Vc como historiador pode, por exemplo ajudar,muito no combate a corrupção que se instalou, país afora, buscando exemplos de lugares desenvolvidos que abominam essas praticas tão contemporânea.

  18. XPTO fevereiro 3, 2015 às 1:50 pm #

    Caro Cairuense, só queria esclarecer que NÃO ESTOU DEFENDENDO as atitudes de Fernando Brito, como você aparentemente insinuou, inclusive fazendo ilações (equivocadas) com a minha posição política. Não JULGO, para dizer está certo ou errado. Apenas ANALISO diante dos fatos e da história. Por isso que trouxe o exemplo de Napoleão, não porque eu acho que Fernando esteja a altura do General Corso, mas para mostrar como o fato, mutatis mutandis, era aplicável. E para deixar bem claro sobre, se Napoleão, ETICAMENTE estivesse errado em “trair a revolução” ao implantar o Império, POLITICAMENTE ele fez o jogo certo para salvar e propagar a revolução francesa de 1789. Mudando o que tiver que ser mudado, Fernando Brito está eticamente errado em romper com Hildécio Meireles, mas se esse caminho o levar a reeleição? O fato de não ser de Cairu permite-me ver as coisas com outros olhos e com intenções diversas da sua. Espero que você entenda isso que estou te falando. Você, como “cairuense da gema”, funcionário da PMC, tem outras percepções e respeitarei (tanto que, para mim, está claro o seu repúdio a Fernando). Só espero que entenda as minhas, os pontos que estou levantado. São os olhos de alguém mais distanciando e que está menos interessado em saber se a ação de seu prefeito foi certa ou até o resultado em si dessa história. O que estou querendo ver é como isso repercutira nas eleições de outros municípios. Para mim, não me interessa (vou repetir para ser BEM CLARO) tanto se Fernando vai vencer, é qual os passos de Hildécio. Será que ele investirá mais na campanha de Cairu para derrotar o traidor? Ou será que ele irá migrar para outro município, a fim de recompor sua base eleitoral? Em quem ele irá se costurar acordos e alianças? Será que isso implicará na ida de Hildécio para a base do governo estadual? (e aí eu te pergunto qual seria a justificativa histórica que ele daria para tal movimento no xadrez político). Enfim, é sobre isso estou vendo. E penso que não insistas nessa linha de raciocínio, de me querer imputar como defensor moral da pessoa que você já condenou. Porque já é a segunda vez que eu explico e não estou com muito saco de explicar pela TERCEIRA vez o que estou discutindo. Cordialmente

  19. cairuense fevereiro 3, 2015 às 5:35 pm #

    Pois é XPTO, finalizando digo que meu repudio não é apenas a Fernando. Repudio todas as praticas políticas que visem a busca do poder pelo poder. Nesse quesito Hildecio é muito mais seguro repare que ele não atendeu a um convite publico feito pelo então governador Wagner para ele aderir ao Pt. Por aqui corre entre bocas pequenas que HM pra compensar a traição e por força de intensificar campanha em outros lugares, apoiara Peleteiro/ Maneca se eles se entenderem numa chapa única.
    Dessa forma retiro-me da discussão.

  20. Reinaldo Lima outubro 7, 2015 às 6:14 pm #

    PAULO PEIXINHO VEM AÍ,MUDANÇA EM CAIRU JÁ ! CHEGA DE CONTINUISMO…

  21. Reinaldo Lima outubro 17, 2015 às 6:15 pm #

    Nas eleições em 2016 para prefeito,teremos surpresa.Tem gente nova chegando,aguardem…
    P.P vem aí !!

  22. ze ninguem abestado outubro 17, 2015 às 8:25 pm #

    desde a epoca que me lembro de politica,tem sempre essa historia de renovacao…..Pouquissimas vezes ,vi esta realmente acontecer………
    Nao se pode ignorar a forca politica do deputado..Mas pensando em meus botoes,acredito que Fernando se reeleja.
    Nao sou politico,e aqueles de plantao talvez concorde:acho que um “problema” da gestao Fernando foi querer agregar tao dispares influencias.O problema todo dessas aliancas ,e que estas congregam interesses muito diversos ,o que requer uma inteligencia politica-estrategica grande para conseguir harmonizar todas essas forcas;

  23. Reinaldo Lima dezembro 19, 2015 às 6:22 pm #

    Nossa Cairu precisa de novos nomes que venham mudar a cara da cidade…Mudança já !!

  24. José Souza Santos agosto 1, 2016 às 4:32 pm #

    ISSO AI, MEU DEPUTADO. Sou cidadão Cairuense. Estou DECEPCIONADO com essa atual gestão. Luis Mendonça???? Quem é esseee??? Um “rico” que só anda por cima do povo, literalmente. Passa de helicóptero todos os dias, e dar boas condições ao povo de Cairú que é bom nada. Mas isso vai acabar, não sei como ainda tem gente que vota no 55, Fernando Brito. MEU VOTO É 15. DRA CÍNTIA. Não pensem que aqui é algum pau mandado, não me envolvo em política, mas nesse ano eu tiro esse hipócrita

  25. Arleide Costa agosto 1, 2016 às 4:34 pm #

    Cíntia é uma pessoa nova, cheia de projetos. Vamos dar uma chance, garanto haver mudanças. Também sou de Cairú, ela como secretária, foi nota 10000000000. MEU VOTO É DELA

  26. Silvana Pinto agosto 1, 2016 às 4:35 pm #

    Concordo. cintia cintia cintia cintia 15
    15
    15
    15
    15
    15

Deixe uma resposta