CHUVA DÁ TRÉGUA E TEMPO FICA PARCIALMENTE BOM

Enfim a chuva deu uma trégua, amanhecemos com tempo parcialmente nublado, sem chuva e tudo enxutinho. Não há previsão de que possa voltar a chover. O Rio Una continua cheio, mas a quantidade de água que caiu nas cabeceiras dos afluentes foi muito grande. Esperamos que tudo volte ao normal, porém temos muitos amigos e pessoas da cidade precisando de ajuda, roupas, agasalhos e comidas. A CDL está fazendo uma campanha, para arrecadar esse material, veja o banner aqui no blog e vejam com podem ajudar.

A prefeitura de Valença trabalhou desde as 3 horas da manhã com todos os seus Secretários, do dia 27 para o dia 28, auxiliando as pessoas, abrigando e levando alimentos para as vítimas da chuva. O governador Wagner se sensibilizou com a situação local e região e já mandou a defesa civil para amenizar os problemas da cidade. Esperamos que daqui pra frente, com os serviços que foram feitos, o Bairro Estância Azul não sofra mais com essa situação.

Quase toda a cidade ficou em estado de calamidade, mas o Bairro que mais sofreu e sofre nessas épocas é o Estância Azul, devido a um problema de estrutura, o local é uma baixada e quando as pessoas começaram a construir suas casa por lá não atentaram para isso. “Tivemos que quebrar a ponte para desobstruir a água que se acumulou no bairro, creio que com uma nova ponte, uma vazão maior, o problema não voltará a acontecer”, disse Lau, esposo da prefeita Jucélia.

Uma resposta para CHUVA DÁ TRÉGUA E TEMPO FICA PARCIALMENTE BOM

  1. ASCOM - Jesus Góes novembro 29, 2013 às 10:28 am #

    As fortes chuvas que caíram em Valença-Ba no dia 28 de novembro, ao invés de serem bem-vindas, causaram enormes transtornos aos valencianos, ocasionando enchentes em diversos pontos da cidade. Todos nós conhecemos as consequências das tempestades, e é inadmissível que o Poder Público não tenha, pelo menos, elaborado um plano de obras para limpeza pública e com essa ação amenizar as consequências com as tempestades.

    Muitas desculpas são dadas pelos governantes de todas as cidades. As de maior intensidade vão desde o crescimento desordenado, passando pelo descarte de lixo nas vias públicas, chegando às mudanças climáticas.

    A omissão do Poder Público surti algum efeito para a população, famílias perdem seus objetos, suas casas e, muitas vezes, perdem entes queridos. Muitas promessas e pouquíssimas ações. Mas a população também colabora com as cheias jogando lixo nas ruas, em resumo o lixo jogado pelo cidadão volta para a cidade da pior forma.

    Vamos fazer nossa parte, cooperar com a gestão pública, não depositando lixo nas vias públicas, todos os tipos de lixo formam um bolo que só entopem as bocas de lobo impedindo a passagem da água pelas tubulações, e se ela não pode passar por baixo, então passa por cima mesmo.

    Sabemos que os danos são irreparáveis, e Jesus Góes coloca-se a disposição dos valencianos e do Poder Público para ajudá-los a resolver problemas, como este, que prejudica toda a população.

Deixe uma resposta