IV PARADA GAY FOI TRANQUILA

campim santo 2013 113 Símbolo da Parada Gay a bandeira com as cores do arco-iris foi desfralda pelas ruas da cidade

Ontem Valença viveu um dia de festa. Organizado pelo jornalista e empresário Rodrigo Mário, as ruas da cidade foram invadidas e ficaram movimentadas pelo colorido e alegre mundo dos gays, na IV parada gay de Valença.

Com muita ousadia e mostrando-se competente nessa área de eventos, o joranlista fez a alegria de muitas pessoas na cidade no dia de ontem. Ele disse que não lucra com esses eventos e só o faz por carinho aos homossexuais.

campim santo 2013 115Pessoas cumprimentam o jornalista e parabenizam-no por proporcionar essa alegria

Rodrigo Mário mostrou que não precisa de muito para promover um evento desses, recebeu apoio de alguns pré-candidatos a deputado, da prefeitura de Valença e da Polícia Militar. “A responsabilidade é grande para quem faz essas festas e por isso precisamos de muito apoio do poder público”, disse o jornalista.

O Clima foi de festa e tranquilidade, não houve confusão e as pessoas se divertiram a valer das 12:00h às 21:00h.

Vejam algumas imagens da festa:campim santo 2013 110O momento que começou o desfile pelas ruas da cidade

campim santo 2013 116Ambulantes aproveitam para aumentar a renda vendendo cerveja

campim santo 2013 117 Alegria e descontração contagiam e toma conta de quem é assumido

campim santo 2013 124Todos aproveitam o momento para se divertir, inclusive os heteros

campim santo 2013 126 O povo vai às esquinas para ver a festa e esperar o trio

campim santo 2013 120

Travestis exibem as suas fantasias 

campim santo 2013 123

Um trio com príncipes rainhas e princesas

campim santo 2013 127 A banda cover do Chiclete com Banana deu show, no comando de Azêdo

campim santo 2013 128Fim de festa na Orla e tudo acabou tranquilo

campim santo 2013 133 Professora Edna e Rodrigo, Matriarca e Presidente da Para Gay

Uma resposta para IV PARADA GAY FOI TRANQUILA

  1. Edson F. setembro 30, 2013 às 3:08 pm #

    Agora que tal organizar também a “Jornada da Ciência de Valença”? (Quase rima) Pelegrini, abrace essa ideia. O saber não ocupa espaço. O povo precisa de Ciência também.

    * Médicos professores universitários falando ao povo do avanço da Medicina e das perspectivas de cura ao povo.

    * Químicos e Biólogos professores da UFBA/UNEB falando da poluição e preservação do meio ambiente.

    * Advogados de renome falando de Cidadania e Justiça.

    É isso.

Deixe uma resposta