DILMA É PREFERIDA EM VALENÇA E EDUARDO CAMPOS CONTINUA UM ETERNO DESCONHECIDO

image Finalizamos mais uma enquete em nosso blog, essa foi sobre presidente e mais uma vez a presidenta Dilma confirma o seu favoritismo. O mais interessante de tudo isso é que com toda a rejeição do governador Wagner aqui em Valença, não abala a preferência dos valencianos por ela.

O candidato do PSDB, Aécio neves, não ganha nem mesmo de Marina Silva. E o Candidato do PSB, Eduardo Campos, continua sendo um eterno desconhecido dos baianos. Fez nome em seu estado com a ajuda do governo do PT e pensa que é conhecido no Brasil todo.

O resultado da enquete ficou assim:

ENQUETE PARA PRESIDENTE

Em quem você votaria para presidente?

· Dilma (37%, 108 Voto(s))

· Marina Silva (29%, 85 Voto(s))

· Aécio Neves (27%, 79 Voto(s))

· Eduardo Campos (7%, 22 Voto(s))

Total de votos: 294

Uma resposta para DILMA É PREFERIDA EM VALENÇA E EDUARDO CAMPOS CONTINUA UM ETERNO DESCONHECIDO

  1. Ricardo Vidal maio 6, 2013 às 4:35 pm #

    Entendo que é ele um quadro razoável e que está querendo “fazer o nome”. Só que ainda está muito cedo e sua postura “indecisa” o queima. Esta dubiedade no discurso faz com que ele perca seus créditos como futuro nome da base aliada (e o melhor pro PSB e pro Brasil é manter unida a velha “Frente Brasil Popular”, como uma alternativa orgânica de esquerda democrática) e duvido que ele se fortaleça como o grande candidato da oposição, uma vez que existem outros nomes mais denso dentro deste campo. Mesmo que ele queira ser um “terceira opção”, a estratégica fica equivocada, pois a democracia brasileira precisa hoje fortalecer mais quais são os seus partidos de esquerda e de direita (O que PT e a coligação PSDB-DEMo estão conseguindo) do que continuarmos com a hipertrofia do Centro, cuja atuação é nebulosa e mercenária. Tive-se ele feito uma campanha nacional de apoio irrestrito ao governo da presidenta Dilma e foca-se agora no senado, creio que ele ganharia mais nome para ser o candidato do governo em 2018.

Deixe uma resposta