A VEREADORA MARIA HELENA E SUA PÉROLA PETROLÍFERA

image

O Pré-Sal deixa muitas pessoas sonhando, não é pra menos, imaginem que o presidente Lula  chegou ao ponto de dizer que: “Desta vez erradicaremos com a pobreza”. Conversa fiada de político, sempre fomos ricos em tudo e nunca sobrou nada para a pobreza, quantas árvores levaram e ainda levam para fora do país, quantas pedras preciosas, quanto mineral!

A vereadora Maria Helena é uma encantada com o Pré-Sal, vejam que ela está tão encantada que numa sessão da câmara reivindicou que convidassem um representante do comitê Nacional do Petróleo para explanar sobre a campanha “O petróleo tem que ser nosso”, e discutir com a comunidade sobre o Pré-Sal.

Depois a vereadora falou sobre a expectativa que se tem sobre a exploração do petróleo, no Brasil, que nós podemos nos tornar a próxima Arábia Saudita. Também disse que passamos a ser invejados por outros países. Frisou sobre os benefícios que o petróleo pode trazer à população, assim como energias limpas. Ôpa!

Podemos até ser uma Arábia Saudita. Ser invejados por outros países… Talvez. Agora, o petróleo trazer energias limpas? Ai não pode vereadora. A não ser que: usemos o petróleo para bombear a água para uma represa, para essa represa gerar energia elétrica. Mas ai teria que fazer uma chaminé muito alta, e que jogasse a fumaça do petróleo lá no espaço sideral.

Comentários { 0 }

CLIENTE É MALTRATADA NO SUPERMERCADO MEGA-BOM

image

Quero chamar a atenção da direção do Supermercado Mega-Bom da Rede Smart, pelo péssimo atendimento dado a uma cliente aqui na loja de Valença.

A pessoa dirigiu-se ao setor de padaria e frios e pediu meio quilo de queijo fatiado, a funcionária mandou que a cliente dirigisse à sessão onde se encontrava o queijo já fatiado, de volta a cliente disse que queria o queijo fatiado na hora, e a funcionária respondeu que não podia fatiar porque estava ocupada naquele momento. Sem dizer nada, a cliente dirigiu-se até ao “atendimento ao cliente” da loja e procurou o (a) gerente para fazer a reclamação, outra funcionaria atendeu (que não era gerente), a cliente relatou o fato e teve como resposta: “Não posso fazer nada”, de uma forma agressiva e mal educada.

A Cliente retirou-se do supermercado Mega Bom, foi até o supermercado Rio Branco pediu a mesma mercadoria e foi atendida de forma diferente. Temos nomes desses funcionários, não vamos revelar por que não queremos prejudicar ninguém. Apenas queremos reciprocidade das empresas quando damos preferência a elas.

Sei que os diretores desse supermercado não orientam seus funcionários a atenderem dessa forma, mas procurem fiscalizar mais e reciclar seus funcionários. Nós não temos culpa se existe um mau relacionamento entre patrão e empregado.

Diante do buraco negro que se aproxima das redes de supermercados de Valença, acho melhor tomarem mais cuidado no trato com os clientes.

Comentários { 0 }

Começa hoje o julgamento de Hildebrando Pascoal no Acre

image

No Acre, após 13 anos de espera, começa nesta segunda-feira (21) o julgamento do ex-deputado federal Hildebrando Pascoal. Ele é acusado de comandar um grupo de extermínio que agia no estado entre 1995 e 1999. Pascoal já é condenado a mais de 80 anos de prisão por outros crimes. Pela primeira vez, vai ser julgado pela Justiça acreana, podendo pegar mais 30 anos de prisão no caso que ficou conhecido como o "crime da motosserra".

São 28 volumes do processo produzidos pelo Ministério Público Estadual (MPE)que investigou o assassinato do mecânico Agilson Firmino dos Santos, mais conhecido como “Baiano”. De acordo com os promotores, ele foi torturado várias horas e depois teve corpo cortado por uma motoserra.

O crime foi cometido por vingança pelo ex-deputado federal Hildebrando Pascoal e sua quadrilha. Agilson teria ajudado na fuga do assassino do irmão do ex-deputado federal Hildebrando Pascoal. O Ministério Público pede pena máxima de 30 anos para o crime.
“Acredito que se deva levar em consideração a periculosidade dessas pessoas, a gravidade do crime, a desumanidade e a crueldade com que foi praticado”, afirma o procurador de Justiça Sammy Barbosa.

O advogado de defesa de Hildebrando Pascoal, advogado Sanderson Moura, nega a versão. “A perícia não constatou isso. Mas criar uma espécie de marketing que ensejasse uma condenação da opinião pública era interessante para eles e não condiz com a serenidade e com a imparcialidade que nós esperamos das pessoas que são envolvidas nesse caso”, diz.

Fonte: G1

Comentários { 0 }

Pedreiro é preso em flagrante acusado de pedofilia em Juazeiro

image

Redação CORREIO

Um homem foi preso em flagrante na noite de domingo (20), acusado de abusar de três crianças no bairro Nova Esperança, no município de Juazeiro, a 502 quilômetros da capital baiana.  A polícia só chegou ao pedreiro Carlos Alberto da Silva Filho, de 42 anos, após ter recebido denúncias de vizinhos.
Carlos Alberto foi encontrado em casa por policiais militares quando acariciava um dos menores, sendo que com ele, estavam crianças de 7, 8 e 11 anos. Na casa do acusado não foi encontrado material pornográfico. Ele está detido na delegacia de Juazeiro.

Comentários { 0 }

“VOCÊ NÃO VALE NADA MAS EU GOSTO DE VOCÊ”

fogueteiro de ramiro 003

O fogueteiro de Ramiro, Afrânio, no sábado desabafou: “ Bang me prometeu emprego mas não cumpriu”.

Contou como foi que teve a primeira discussão com o prefeito. Disse que nos primeiros bicos (que ficou fazendo até aparecer o emprego), pagaram certinhos e que depois começaram a sacanear. No dia da discussão foi assim: “Estávamos no pátio da prefeitura num dia de sábado esperando o cacau (dinheiro), uns oito a dez pais de família, por volta das 17:00 hs., quando chegou Ramiro e perguntou: o que essa rapaziada está fazendo por aqui? Estamos esperando o pagamento meu “tio” (nome carinhoso que Ramiro gosta de ser chamado – cara de pau), ai ele falou: bom, o dia termina a meia noite, e até esse horário ainda tem mercado funcionando. Ai eu não agüentei e disse: o senhor precisa é demitir um bocado de secretário incompetente que o senhor botou para trabalhar aqui na prefeitura. Ele não gostou do que eu falei e disse: Olha já é a terceira vez que você me diz isso, dá próxima vez eu não lhe dou mais trabalho. Ai eu mandei ele ir pra desgraça e fui embora. Três dias depois ele pagou ao pessoal. Mesmo assim eu ainda acho ele um bom prefeito”.

fogueteiro de ramiro 002 “Bang me prometeu emprego mas na cumpriu”.

fogueteiro de ramiro 004 “Ai eu mandei ele ir pra desgraça e fui embora”. Contou ao vereador Jairo e Rudney.

fogueteiro de ramiro 001 “Mesmo assim eu ainda acho ele um bom prefeito”.

Comentários { 2 }

NUNCA QUEIRA FICAR COM O CHIP DE UMA MULHER

image

 

Esse vídeo é um dos que está mais sendo visto na internet. O escândalo de uma mulher.

Comentários { 1 }

Tribunal aposenta juiz de Barreiras por liminar suspeita

 

Flávio Costa, do A TARDE

O Pleno do Tribunal de Justiça  da Bahia (TJ-BA) decidiu nesta sexta, por unanimidade, aposentar compulsoriamente  o juiz da 1ª Vara Cível de Barreiras, José Maria Thadeu Veiga Macarenhas Motta, suspeito de cometer atos de irregularidades na comarca (oeste, distante  885 km de Salvador).

Os desembargadores baianos aplicaram a pena máxima contra o magistrado num caso resultante de processo administrativo disciplinar. Pela legislação, um membro do Judiciário aposenta-se de maneira compulsória ao chegar à idade-limite de 70 anos ou quando recebe esta punição do Tribunal.

Conhecido em Barreiras como “Doutor Thadeu Motta”,  o juiz será aposentado com proventos proporcionais ao  seu tempo de serviço. Ele foi  julgado em sessão secreta por determinação da presidente  do TJ-BA, desembargadora Sílvia Zarif.

A principal acusação contra Motta  diz respeito à concessão de  uma liminar considerada esdrúxula  em favor da concessionária  Barauto Ltda num processo contra a empresa Volkswagen do Brasil. O juiz obrigou a montadora a pagar  cerca de R$ 14 milhões, a título de indenização.  

Liminares suspeitas
De acordo com  um juiz, ouvido por A TARDE, a liminar causou espécie no meio jurídico baiano e lançou suspeitas sobre a atuação do magistrado. O caso teria prejudicado, inclusive, seu relacionamento com colegas de comarca.

A TARDE apurou ainda que outra acusação do relatório da corregedora das comarcas do interior do TJ-BA, desembargadora Maria José Sales, é a de que Motta beneficiava com decisões judiciais  antigos clientes de sua época de advogado.  “Consta nos autos que ele concedia liminares a estes clientes e depois julgava-se suspeito no processo”, declarou o procurador-geral de justiça, Lidivaldo Britto.

O chefe do Ministério Público Estadual  pediu cópias dos autos ao TJ-BA. O juiz deve responder criminalmente e por improbidade administrativa por conta de seus atos.

A reportagem ouviu especialistas em direito. Eles informaram que o TJ-BA  teria que abrir uma ação judicial específica para que o juiz fosse punido com a perda do cargo. A ação demoraria mais tempo que o PAD para chegar a uma conclusão. No caso Thadeu Motta, o procedimento administrativo durou 3 anos.

O advogado do magistrado, Joaquim Maurício Motta Leal, afirmou não ter presenciado por estar doente. “Eu estou com gripe  suína (gripe A). Na última terça-feira, eu havia protocolado no Tribunal um pedido de adiamento do julgamento do caso”, disse.

O defensor Joaquim Leal afirmou ainda que nenhum ato irregular foi provado no caso da Volkswagen contra seu cliente. “Na verdade vou tomar conhecimento da decisão esta semana e decidir se entrarei com recurso”.

Comentários { 2 }

Jovem do Rio Grande do Sul é encontrado morto em Boipeba

 

Redação CORREIO

O corpo de um rapaz de 29 anos, natural de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, foi encontrado por volta das 6h de sexta-feira (18) na praia da Cuqueira, ilha de Boipeba, pertencente ao município de Cairu. Segundo Roberval Freitas de Souza, delegado titular da cidade, um pescador encontrou o corpo na areia da praia com sinais de lesão.

Por telefone, a mãe de Ricardo Augusto Silveira de Viveiros, 29 anos, disse ao delegado que ele saiu de Porto Alegre para ir para o Rio de Janeiro e não sabia que ele estava na Bahia. Ela contou ainda que ele era filho único, tinha problemas mentais e tomava remédios controlados.

Policiais encontraram a mochila de Ricardo com documentos próximo ao corpo dele. ‘Ainda não sabemos qual é a causa da morte. Ele pode ter passado mal antes de se afogar. Só o laudo do Departamento de Polícia Técnica poderá revelar o motivo’, contou o delegado. O corpo de Ricardo Augusto está no Instituto Médico Legal de Valença aguardando a chegada de familiares.

Comentários { 0 }