E NÓS, AONDE VAMOS ?

image Todos os dias temos notícias de violência em nossa cidade, nem quero falar das que ouço de outras cidades. Meus funcionários moram em lugares distintos aqui na cidade, e sempre chegam aqui contando dos tiroteios que acontecem onde moram. Hoje um vendedor de picolé disse: “Ontem foi a vez do meu bairro, com troca de tiros”, o outro retrucou “Então foi a vez do meu também, porque lá houve troca de tiros” e um terceiro disse: “O meu bairro é premiado, todos os dias tem troca de tiros”.

O Radialista Ciro Pimentel, falou ontem comigo aqui na porta, que um homem numa moto no bairro do Tento sacou de uma arma e deu um tiro para cima, causando pânico a todos.

A cidade vive um clima de apreensão, medo, insegurança. As pessoas já não andam mais nas ruas tranquilas, quando vêem uma moto já ficam imaginando que pode ser alguém para dar uma rajada de tiros. É inadmissível tudo isso, ninguém se manifesta para dizer o que está acontecendo, parece terra de ninguém.

O delegado escalado pelo governo da Bahia para conter a violência na Ilha de Itaparica, o senhor José Magalhães, pediu exoneração do cargo por motivos de “falta de apoio”, não conseguia fazer um trabalho de contenção à violência sem apoio da secretária de segurança pública (SSP-BA), o que ele ouviu do governador foi a seguinte declaração: "O que estranhei é que parece que o delegado em vez de querer trabalhar, está querendo aparecer. Ele é uma pessoa controversa. A própria nomeação dele para a delegacia foi motivo de muitas reclamações dirigidas ao governo por conta de um perfil que se alegava ser truculento”. É melhor ouvir um deboche desse a ficar sem prestar um bom serviço a comunidade por falta de apoio, e depois ter o nome queimado.

Assim como o delegado Magalhães, todos podem tomar a mesma posição e se unirem por um mesmo motivo; “Falta de apoio”. E ai podem ficar livres de qualquer acusação. Agora o que não pode é deixar as coisas acontecerem, e não dar explicações à comunidade.

Sei o quem tem por vir, com certeza perto das eleições o governo da Bahia irá aumentar o efetivo da polícia, comprará muitas viaturas policias, abrirá diversos módulos policiais, fará blitz em diversas bocas de fumo e mandará exterminar muitos bandidos, afinal isso é uma demanda pelo voto.

Comentários { 10 }

OS TRÊS PODERES E SUA CRIA, A FAMÍLIA ESTÁ CRESCENDO!

image Esta violência que nos alarma e impressiona, em verdade, não nos surpreende.
De fato nos assusta, nos incomoda quando nos sentimos ameaçados; porque, quando ela está lá no ” reino tão tão distante ” não causa assim tanto furor, mas, quando ela está aqui na minha rua, ou na rua da minha mãe, do namorado da amiga da mãe da tia do avô de sei lá quem, que é meu parente, aí sim, aí ela nos faz fazer e deixar de fazer uma série de coisas, aí, ai ai..” É pobrema negão”, afinal, como sair na hora, já marcada, do “tiroteio ” das 20h ? É violência, mas é organizada, Pô !
Poderia-se, quem sabe, chamar os membros dessa “atividade” e propor junto a eles, paradas programadas no intervalo da novela ou, melhor ainda, entregar a eles as rotas específicas, definindo no mapa da cidade as zonas de risco e suas horas de sítio, respeitando, em horas de paz anunciada, a hora do Big Brother e demás horários fundamentais da nossa programação local, tudo acordado direitinho “pra” não ter erro, seria um bom projeto: um trio elétrico, meia dúzia de santinhos, umas três nádegas balançando freneticamente por meia horinha e pronto ! Apoio garantido ! Mas aí, por hora, é só especulação, teria-se que fazer um planejamento muito maior, chamar outros “setores” ao debate, isso daria muito trabalho.
Mas, apesar de tudo, verdade seja dita, ainda que se lançe este projeto (em seu formato inédito), ou nada se faça, a situação não muda, de todo modo, não causa qualquer surpresa.
Que se poderia esperar de uma sociedade planejadamente injusta? Uma musical e feliz sociedade, desigual na medida exata da manutenção desta desigualdade, mas temos feriados e temos micaretas e temos carnaval !
A violência nacional, sejamos justos, não é tão feia assim, vem sempre muito bem embalada, bem vendida, apresentada por gente muito distinta, ou alguém vai duvidar do talento de profissionais como o senhor Duda Mendonça ? Ou da capacidade administrativa do Senhor Marcos Valério, ou do bom gosto do dono do “castelinho”? Ou,ou, ou, ou, etc… isso não !
Estes “feios e maltrapilhos” da foto acima só fazem o serviço, o “patrão” é outro…
Podemos questionar nossa memória, a memória do nosso Ilústre Presidente, os graus do seus óculos, vá lá; as marolinhas que ele anda vendo não correnpondem bem ao cenário atual, mas para por aí, não se questione mais nada, nada além disso !
A violência que está aí é cercada de todas as luzes necessárias para ofuscar a lucidez de quem ousar ser “politicamente incorreto”, de quem cometer o sacrilégio de questionar ou, ainda pior(!), duvidar da boa vontade do nossos dígnos representantes, do nosso tão honrado Poder legislativo, nesse último caso, Deus se apiede da alma desse ímpio pecador !
Não desfaçamos ou pouco façamos de nossos ilústres representantes, seus ternos e verbos escolhidos a dedo merecem, é claro, todo nosso reconhecimento, ainda que sejamos ante a tão sagazes seres, singelos cordeirinhos dóceis sempre dispostos a obedecê-los e legitimá-los. É, meus senhores, será essa a nossa fatia daquele tão falado “bolo”?
O coro da ” boa fé “, constantemente a ecoar, se fará presente aqui, agora! É uma democracia meus senhores, não podemos silenciar, nem num mero texto a fala imortal que vem do além:
– Ah ! Criticar é fácil…
– Ah ! Isso é coisa do governo passado, são 500 anos de irresponsabilidade e exploração…
– As bolsas do governo estão matando a fome de quem não tinha nada para comer…
– Temos que deixar o bolo crescer para depois dividir…
– Vamos cortar na própria carne…
– Isso é conversa de burguê…
– Blá, blá, blá….
– Blá, blá, blá….
– Tererê…tererê…
No final das contas, a organizado do Estado se volta, primariamente, sobre o poder que o legitima enquanto tal, aquele que, teoricamente, elevaria a voz coletiva de forma a fazê-la reverberar por toda extensão territorial desta nossa linda nação verde e amarela, é o Poder Legislativo a “alma mater” do Estado Democrático de Direito, é ela, esta tal “alminha” que, também teoricamente, está próxima ao povo, aquela que se propõe a apresentar aos olhos do Estado a forma como este deve se portar, as normas resguardas pelo Poder Judiciário são paridas por estas doces barrigas: os nossos políticos.
Lembro-me agora de uma campanha promovida pelo Estado para incentivar a participação da população nas eleições, em meio aquele falatório todo, uma frase se destacava: “Seu voto é uma arma”, hoje, bem pensando, concordo plenamente, mas temo que ao concordar com tal afirmativa, que uma outra se forme, será o povo suicida?
Diante deste questionamento, me resguardo na reflexão. Mas, se o pior se revelar, se a afirmativa for verdadeira, me negarei a aceitá-la, e fazendo eco junto a dígna e homogênea militancia partidária nacional, me porei a balançar a bandeirinha pálida e caduca do ” nunca deixe de sonhar”. Nesse caso, so me restará seguir o exemplo de um grande estadista(?) e continuar a viver repetindo aos quatro cantos um chocho ” Ah! eu não sabia ” !

Saionara Ribeiro.
Graduanda em Direito pela UNEB, Campus XV, VII Semestre.

Comentários { 0 }

QUE MUNDO MARAVILHOSO!

Todos os dias vou viver intensamente, vou cantar, vou sorrir, vou esquecer que me esperam do lado de lá. Vou ouvir Louis Armstrong, fechar os olhos e deixar minha imaginação viajar. Depois acordo, e enfrento a cruel realidade, mas vou lembrar que vivi intensamente alguns minutos da minha vida.

Ahá! Revelando o meu lado poético!

Precisamos de apenas alguns minutos de reflexão na vida. Como nossa cidade anda tomada pela onda de violência, vamos relaxar um pouco e ouvir “What a wonderful world”.

Comentários { 2 }

O QUINTO (DOS INFERNOS) PODER.

image

Criamos o estado e os poderes do estado, em toda nossa vida quando estudamos na escola as matérias de EMC (Educação Moral e Cívica) no primário e OSPB (Organização Social e Política Brasileira) no ginásio, aprendemos sobre os três poderes, e em seguida apareceu a expressão quarto poder. Segundo a Wikipédia: “O quarto poder é uma expressão criada para qualificar, de modo livre, o poder da mídia ou do jornalismo em alusão aos outros três poderes típicos do Estado democrático (Legislativo, Executivo e Judiciário)”.

Pasmem meus amigos! Recentemente ouvi a expressão; “quinto poder”, vindo de uma moça que mora no bairro da Bolívia aqui em Valença, na porta de uma amiga que havia convidado para ir a igreja, ela retrucou dizendo: “não posso, hoje vai haver tiroteio lá no meu bairro, e o “quinto poder” pediu para que não saíssemos as ruas depois das 19;00 horas. O expressão “quinto poder” pra pegar, basta sair da boca de um político ou pessoa influente da mídia.

Será uma vergonha para os outros três poderes, terem como vizinho o quinto poder? Ai só mesmo o quarto poder agindo pra estimular os três poderes a matarem o quinto. Na verdade, isto seria um aborto involuntário!

Comentários { 9 }

RAMIRO, O MAIOR PREFEITO DO MUNDO!

Valença nunca teve um prefeito tão dinâmico, um prefeito tão trabalhador, como Ramiro Campelo de Queiroz. Ramiro é sinônimo de inteligência, de trabalho, dedicação, bom comportamento. As obras realizadas por ele são coisas perfeitas, obras que levarão séculos e contarão a história daqui a 2.000 anos, sentiremos muito a falta de Ramiro quando ele não puder mais ser prefeito desta terra, Valença perderá muito, porque em toda a história de Valença, nunca ouvimos falar de um homem com um coração tão grande.

Valença te agradece Ramiro pelo seu grande desempenho a frente desse munícipio, Valença é grande hoje, agradecemos a você, seremos grato eternamente  por você Ramiro. Obrigado grande Tio, obrigado meu Deus por nos dá um prefeito como Ramiro. Ele sabe administrar ele é bom, sempre se preocupou com os pobres, não temos nada em nossa cidade que  leve ao prefeito e que ele não resolva, ouve um por um, sempre atento. Obrigado mais uma vez Ramiro! Que Deus te dê vida longa, vamos precisar muito de você.

As maiores obras feitas em toda a Bahia foram executadas aqui em Valença quando Ramiro era prefeito, nenhum outro fará o que esse Tiozão fez, Você é o máximo Tio Ramiro, faremos orações todos os dias por ti, queremos sua saúde inteira, você não pode morrer, porque senão morreremos todos juntos com você. Obriga Tio, você é um grandioso homem. Respeito, trabalho e competência, é o slogan que deve te acompanhar sempre.

Viva Ramiro!

Viva o primeiro de abril, dia da mentira!

Comentários { 7 }

NOVOS GANHADORES DA PROMOÇÃO: SORVETE COM CULTURA; O SEU DIA MAIS INFORMADO

Fotos do Kit Promocional 010

Saiu a nova relação de ganhadores da promoção: SORVETE COM CULTURA; O SEU DIA MAIS INFORMADO, que foram:

ELANE SAMPAIO,

GLÓRIA NASCIMENTO,

ANTONIO MARQUES,

ANTONIO SANTIAGO E

SAIONARA RIBEIRO.

Os ganhadores tem até o dia 07 de abril pra retirarem os seus brindes, caso não faça no prazo estipulado, faremos outro sorteio e poderemos sortear outras pessoas.

Não esqueçam; quem comenta, ganha 20% de desconto e concorre a 5 kits de sorvete toda semana, lembrando que, quanto mais comentários mais chances de ganhar os brindes, e que cada comentário vale 20% de desconto por compra. e só tem prazo de validade de uma semana.

PS: atenção aos ganhadores! Só venham buscar o brinde depois que fizererem um comentário confirmando que ficou sabendo que ganhou o brinde.

Comentários { 7 }

“OS CÃES LADRAM E A CARAVANA PASSA”

image Vi este dito popular estampado no para-brisa traseiro do carro do prefeito, corri para ver a caravana, e vi passar o prefeito Ramiro Campelo de Queiroz, o secretário de administração; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de planejamento; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de saúde, Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de promoção social; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de agricultura; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de infra estrutura; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de turismo; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de educação; Ramiro Campelo de Queiroz, secretário de meio ambiente; Ramiro Campelo de Queiroz. Ai eu entendi quando ele dizia: a caravana.

Não esqueça senhor prefeito, que a caravana também ladra.

Comentários { 4 }

DEZESSETE PESSOAS FORAM ATINGIDAS POR BALA EM MENOS DE 48 HORAS AQUI EM VALENÇA.

Como diz Casoy: “Isto é uma vergonha!”. Não pode uma cidade pacata como Valença fornecer esses índices de violência, as pessoas estão morrendo por banalidades, rixas, débitos de droga, assaltos etc. Infelizmente tenho que culpar a polícia, até porque alguns desses disparos foram feitos em via pública, como o que aconteceu com um trabalhador que saía de um supermercado depois de fazer compras, foi atingido por uma bala e acabou morrendo. Se tivesse polícia em Valença, 90% desses crimes não teriam acontecidos, é claro, a polícia inibe a ação dos criminosos.

Domingo teve a apresentação de um trio elétrico, quando encerrou, dois rapazes numa moto saíram dando tiros a esmo, uma bala atingiu uma gestante que também morreu.  Eu nunca ouvi falar que num míssil enviado por Israel a Palestina, matasse tantos, aqui em minha cidade eu tenho que aceitar que em menos de 48 horas 17 pessoas sejam atingidos por bala. São 8,5 pessoas por dia, são 4,25 a cada 12 horas. Vamos ganhar manchetes em jornais de todo país!

É preciso que se tome uma providência, que as autoridades se manifestem e tomem uma solução, isso não aconteceu só nesses dois dias, há muito tempo vem acontecendo terror em nossa Valença. Casos de tráfico de droga é o que mais mata hoje em nossa cidade.

A verdade é que o medo tomou conta da cidade, já falei sobre esse assunto diversas vezes, mas parece que ninguém está preocupado com o problema da violência. Agora eu pergunto: além dos bandidos, tem mais alguém ganhando dinheiro com tudo isso? Ou será simplesmente incompetência?

Comentários { 10 }