MUDOU OS ATORES, A PEÇA É A MESMA.

1977, eu tinha 18 anos, estavamos reunidos numa sala de um sindicato na cidade de Itapetinga, lá estavam Luiz Nova (primeiro deputado baiano pelo PCB, companheiro de chapa de Haroldo Lima (PCB)), Gilson (vereador pelo PCB de Itapetinga), e muitos outros companheiros com as mesmas ideologias, discutiamos sobre a nossa ida à prefeitura de Itapetinga naquele dia, o prefeito José Vaz Sampaio Espinheira (discípulo de Antonio Carlos Magalhães), iria nos receber, para discutirmos sobre a solicitação da  Casa do Estudante de Itapetinga (CEITA), uma residência que iria beneficiar aos estudantes carentes de Itaspetinga.
Por volta de 5:00 hs. da tarde chegamos ao prédio da prefeitura, fomos recebidos por guardas municipais de cacetetes na mão, o chefe da guarda municipal disse-nos que o prefeito resolveu que não iria mais nos receber. Não podia chamar aquilo de frustração, nós já conheciamos as atitudes do velho cacique político, afinal ele era um “carlista”, tentamos conversar, mas as atitude deles não nos deixava falar, empurravam com seus cacetetes, e ameaçavam sacar de armas de fogo, recuamos, voltamos a sala para uma outra reunião, onde tentavamos buscar explicações sobre a atitude do prefeito, que dias antes disse que nos recebiria e depois nos recepciona dessa forma.
Eu tenha um amigo, Wellington Neves Brandão (Eta), estudava na escola de Agronomia de Cruz das Almas, ele era um privilegiado (seus pais tinham mais condições que os dos demais), mas estava na mesma luta por nós, lutando por nossos ideais, nos ajudando, já que não precisava. Um dia eu perguntei a ele: Eta, porque essa situação? E ele me respondeu: “Tinho (era como me chamavam); esse é o país dos oportunistas, eles fazem isso com a gente porque não temos as mesmas armas, eles tem o poder na mão e para se manterem lá tem que pisar em nós, não precisa, mas eles pisam, é pra que possamos entender que não devemos incomoda-lo, e o que nós queremos é tão pouco que eles podiam nos dar e continuar no bem bom deles, mas eles querem é nos tirar o restinho que nós ainda temos”. E finalizou dizendo: “Se preocupe não Tinho, um dia isso vai mudar, vamos continuar nossa luta, dias melhores virão”.
Essa semana uma pessoa chegou aqui e me disse: “Pelegrini, tenho uma coisa pra voce colocar no seu blog, garanto que vai bombar”, perguntei o que era, ele me disse: ” È uma sindicância que instalaram na EMARC, tem gente ganhando dinheiro dobrado”, entendi, alguém que está a disposição de algum orgão ganhando um salario desse orgão, e também ganhando o salário da EMARC, já que é proibido por lei, e voce tem que optar por um  ou por outro, nunca pode receber os dois, e essa pessoa está recebendo os dois.
Conversei com um outro amigo sobre a possibilidade de noticiar sobre a sindicância no meu blog, esse amigo é um militante do PT, cara consciente cabeça no lugar, e ele me disse: “Sabia que o pessoal pode te perseguir? Podem tentar cassar a sua licença de funcionamento, pedir o cancelamento da aposentadoria de sua mulher, reabrir o processo da fraude do IBGE, pedir a saúde pública para fechar sua sorveteria. Sabia não meu amigo, sei que são capazes disso, não esqueço o que fizeram com Heloisa Helena, Babá, a filha de Tarso Genro, e olha que era filha de um homem influente, só tenho pena do meu amigo Eta, assim como eu, que tinha esperanças de um dia isso mudar, verdade que mudou, mas as práticas continuam as mesmas, “…voces não diferem em nada deles”… já dizia Caentano em uma de suas composições; “Proibido Proibir”, mudaram os atores, mas a peça é a mesma.
Canalhice, hipocrisia, não tenho outras palavras pra associar tudo isso ao que penso, sei que muitos devem dizer: se voce estivesse lá estaria fazendo o mesmo. Talvez não, olhem o exemplo de Heloisa Helena que não concordou com nada disso, e depois tem uma coisa, essas canalhices só acontecem aqui no Brasil. Não é a toa que Reinaldo Azevedo os chamam de “ptralhas”, e essas pessoas estavam do lado de cá também, quem pensava como o meu amigo Eta que um dia isso tudo ia mudar, e se decepcionou.
Terão que fazer as maldades mascarados, porque de cara lisa voces não tem coragem, e de covardia voces entendem muiito bem, que diga o meu amigo petista.
Comentários { 10 }

VEREADOR JAIRO APOSENTA-SE DO BANCO DO BRASIL.

Ontem o Vereador Jairo Baptista, funcionário do Banco do Brasil pegou sua Carta de Alforria do banco, convidou amigos e parentes a participarem de um churrasco na AABB, regado a muita cerveja e um refrigerante preto (que não vou dizer o nome pra não dar ousadia aos americanos). Na oportunidade também comemorou o aniversario de sua filhota, cantamos parabéns juntamente com Jairo a esposa e seus filhos.

Não é fácil trabalhar 35 anos numa empresa, com a dedicação que Jairo sempre teve pelo Banco do Brasil, gerando assim uma satisfação entre empresa e clientes. Jairo é homem sério, cidadão honesto, sempre foi bom filho, bom marido e bom pai, por isso tem lugar garantido na política de Valença, onde desenvolve um grande trabalho como vereador, e consequentemente será um dia o prefeito da nossa cidade.

É isso ai Jairo…  muitos se aposentaram antes do tempo, outros nem chegaram a se aposentar, e alguns estão na lista de espera, mas voce seguiu o percusso direitinho até chegar o seu dia de pegar a sua Carta de Alforria. Não pense que vamos lhe dar descanso, agora sua nova jornada é a câmara de vereadores, transferimos suas responsabilidades, acho que agora seus cabelos vão ficar transparentes, mas não se preocupe estaremos aqui do seu lado para apoia-lo. Sua missão apenas começou.

Um grande abraço, da turma aqui do blog!

Comentários { 10 }

ÌNDIO QUE COME GENTE?

Tiramos a soberania dos índios, assumimos suas terras, comemos suas índias, escravizamos seus irmãos e de quebra ainda botamos fogo neles.

Não quero entrar na questão da dor, do sentimento dos familiares do rapaz que os índios mataram e esquartejaram no Amazonas, mas devo observar que nosso saldo devedor com os índios é muito grande, eles não tem o direito de tirar vidas de ninguém, mas tabém não devemos difama-los ao ponto de acusa-los de canibalismo. Índio hoje, senta, conversa, vai a escola, forma-se em faculdades etc… então o que a imprensa está querendo fazer é sensacionalismo, apoiados pelas emissoras estrangeiras, que não se contentam só em dar a informação, mas querem entrar em detalhes minuciosos, ao ponto de provocar uma revolta mundial aos índios.

Abram os olhos, eles não tem interesse nas questões de direitos humanos, mas sim nos seres que atrapalham suas tomadas do Amazonas.

Comentários { 14 }

MUDANÇAS NO BLOG, AGUARDEM!

Pessoal, assim que passar o carnaval vamos incrementar umas coisas novas aqui no blog, por exemplo: compramos maquina digital para publicar fotos, vamos ter repórter nas ruas captando noticias e publicando em tempo real. Muitas coisas novas vamos trazer até voces como: promoções com a sorveteria, vamos dar descontos nos sorvetes e picolés, brindes em kits dos produtos da sorveteria e prêmios em dinheiro para quem comentar aqui no blog. Aguardem!!!

Comentários { 1 }

AS GRANDES OBRAS DA PREFEITURA DE VALENÇA.

Uma voltinha por Valença e a gente já nota o trabalho da prefeitura, coisas pobres, sem sentido. Estão arrancando o calçamento da frente do Clube Recreativa, será necessário, ou Ramiro está querendo mostrar serviço? Não vejo nada que possa melhorar aquilo por ali, uma rua sem movimento, serve mais pra estacionamento de táxi, tirando a rua os taxisistas vão estacionar onde?

Pelo amor de Deus, será que vamos ficar vendo essas besteiras feitas pela prefeitura, sem entender o que está sendo feito, pra que, porque?

Comentários { 3 }

EX-SECRETÁRIA DE SAÚDE DO MUNCÍPIO DE VALENÇA DISSE QUE 2% DA POPULAÇÃO ESTÁ DE AIDS.

Se o que a ex-secretária de saúde da gestão de Cláudio Queiroz, Carla Maira Barreto, falou sobre a Aids em Valença for verdade, estamos a beira de um colapso, até a  África ganha pra nós.

O Jornal A Tarde de sexta-feira 6/2/2009, publicou que a ex-secretária de Saúde declarou em uma emissora de rádio local, que em Valença nós temos 1.800 casos de Aids, o que significa que mais de 2% da população está contaminada, num universo de 84.000 habitantes. Segundo o Jornal a ex-secretária disse que: “esses numeros foram fornecidos extraoficialmente por técnicos da SESAB” disse também que: “o que chamou sua atenção foi o fato do grande numero de pessoas que procuraram a Secretaria de Saúde de Valença durante o ano de 2008 querendo realizar teste de HIV”.

“A Tarde esteve em Valença e constatou que a divulgação dos números alarmantes  feita pela ex-secretária não se confirmam junto aos orgãos oficiais”.

Ainda segundo o jornal: “A atual gerente de Vigilância Epidemiológica de Valença, Elma Pereira Ribeiro, afirmou que apenas 30 pessoas estão inscritas  e recebem o coquetel anti-Aids no município”.

Imaginem voces a repercussão disto no país inteiro, Valença uma cidadezinha do interior da Bahia com um numero tão alto de infectados por vírus do HIV. Eu acho uma grande irresponsabilidade de uma Secretária de Saúde de um município, declarar dados como esse, sem ao menos ter certeza ou um relatório oficial.

É dona Carla, depois dessa, só indo ao laboratório fazer um teste de HIV, e quem tiver juizo me acompanhe.

Comentários { 2 }

CONTINUA SEM ILUMINAÇÃO A RUA DUQUE DE CAXIAS.

A Rua Duque de Caxias, a antiga Taboca, continua na escuridão, quero ver quando a prefeitura de Valença vai ter respeito pelos moradores e colocar as tres lâmpadas que estão faltando. Na segunda-feira já ouve uma tentativa de assalto por aqui, sorte da pessoa que nós estavamos na porta da sorveteria e o bandido ficou intimidado, deixando pra atacar um morador às 23:00 horas depois que encerramos o expediente, do qual  levou celular e mais 20,00 reais.

Tá na hora de acabar com a brincadeira senhor prefeito, tenha mais respeito pela população, não fique usando essas pessoas que atendem ao povo pelo telefone pra falar que vai haver licitação e conversinha mole,  que só depois do carnaval é que vai ser possível recolocar as lâmpadas, enquanto as coisas só ficam na ameaça dos bandidos tudo bem, mas quando acontecer uma coisa séria ai voce vai ver o que é bom.

Tá na hora de acabar com essas palhaçadas de  ficar fazendo piadinhas com o sentimento do povo, se não tem competência pra trocar meia duzias de lâmpadas na cidade, entregue a prefeitura ao vice. Na porta das “Lojas Guaibim” e  “Casa & Fazenda” está tudo iluminado. Porque nós que pagamos a mesma taxa de iluminação pública vamos ficar no escuro?

Se enxergue prefeito.

Comentários { 6 }

AQUARELA DE EDMAR

“Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo”…   Toquinho/Vinicius

Em minha cidade Itapetinga, castelo é casa de mulheres, onde os bacanas tiravam o fim de semana pra se divertirem, levou o nome de “Castelo” porque diziam eles; ter muitas princesas. É… eram mulheres muito lindas mesmo, mas não deixava de ser uma casa de meretrizes, que por sinal as donas de “Castelo” diziam não ser fácil de conseguir, ou seja, não era fácil montar um “Castelo”. Mas ali havia respeito por parte dos frequentadores, pagavam-se as mulheres dignamente, não tinha calote. A dona do “Castelo” era uma mulher respeitada, exigia ordem de todos ali, não deixava acontecer bagunça, a prefeitura cobrava os impostos devidos, os fornecedores de bebidas recebiam o pagamento direitinho, os senhorios nem lá precisavam ir pra receber o aluguel (as esposas exigiam que o pagamento fosse feito em casa, ninguém sabe porque…  risos).

Ouvindo a música de toquinho, Aquarela, é possivel imaginar como é fácil fazer um castelo, mas levar ao pé da letra como fez o Corregedor da Câmara, Edmar Moreira…  ai é demais, desafiou as casteleiras de Itapetinga, montou um com no máximo “seis retas”, agora só faltam as mulheres.

País sério é assim mesmo.

Comentários { 5 }