“BLOGS FAZEM PESSOAS ESCREVEREM MAIS E PIOR, DIZ SARAMAGO”.

image

O escritor português José Saramago, que está prestes a publicar um livro com os artigos que escreveu em seu blog, diz acreditar que com o crescimento desse tipo de espaço na internet “está se escrevendo mais, embora pior”. “A prática do blog levou muitas pessoas que antes pouco ou nada escreviam a escrever. Pena que muitas delas pensem que não vale a pena se preocupar com a qualidade do que se escreve”, disse Saramago em entrevista publicada hoje pelo jornal argentino “Clarín”. Fonte: Folhaonline.

Tenho grande respeito pelo Nobel português, acho que devemos nos preocupar em aprimorar o que escrevemos, mas o que mais importa no que escrevemos é a mensagem ser entendida. Não é a toa que mudos, cegos e surdos conseguem se comunicar.

Eu acho muito importante os blogs, porque como o próprio Saramago falou “está se escrevendo mais”, e isso é bom, com o decorrer do tempo e com a prática de escrever mais, e o auxílio do “Word”, vamos deixar de escrever pérolas e entrar para a academia de letras… hehehehe!

A forma como se escreve “pior”, não tira o sentido da mensagem. A comunicação não precisa de muitas palavras para informar o que acontece no mundo de hoje devido aos vários canais de informações que existem, exemplo foi a notícia dada da morte do papa num dos jornais mais famosos do mundo, a manchete dizia assim: “Morreu”, precisava dizer mais quem tinha morrido, se todos os meios de comunicação estavam voltados para aquele fato?

Então meu caro Saramago, está pior porque se escreve mais, e eu acho isso muito bom. Você vai ver daqui a duas décadas como esse povo vai estar afinado na escrita.

Comentários { 6 }

VAMOS CONSERTAR VALENÇA COM ESPIRITUALIDADE.

Pedimos proteção e eles estão chegando pra nos ajudar a combater os espíritos ruins, inclusive do maníaco de parque. imageEstá chegando pra Valença um novo combatedor de demônios… Demônios tremei!

 

imageSe o profeta não der certo a gente pede ao Pai Arnapio.

image

 

Também é assim… Se um não funcionar vem o outro. Quero ver se se os loucos de Valença não vão ficar bons.

image Lembrei de um assessor de vereador, adivinha quem?

Comentários { 24 }

“CLARO” VAI COMPLETAR 48 HORAS DE APAGÃO.

 

image

Como é que pode? A operadora “Claro” já tem 48 horas sem serviço aqui em Valença, e olha que não está chovendo, nem ao menos uma nuvenzinha. Desse jeito fica difícil de trabalhar com eles, a “Oi” tem uma promoção que poderia deixar congestionado os seus serviços porque é bem melhor que a operadora “Claro” e, no entanto não dá esse problema.

Na época de Fernando Collor ele dizia assim: “Quem não tem competência não se estabelece”.

Deu saudades dos antigos telefones, que demorava uma ligação, mas saia.

Comentários { 2 }

POBRE HOMEM RICO.

image

Parece que a prefeitura de Valença vai fazer alguma festa no São João, fecharam aquela rua do antigo mercado (hoje Supermercado Rio Branco) desde quinta-feira 18. Não vi programação nenhuma, mas a rua esta enfeitada vamos esperar a surpresa que o gestor nos reserva, quem sabe ele está trazendo alguma surpresa boa?

Se for ter surpresa boa ou não veremos, mas que ele conseguiu provocar um engarrafamento dos diabos em Valença isso ele conseguiu, porque os carros não podem passar ali pela porta do antigo mercado e ai vão disputar aquela rua dos quiosques da orla do lado esquerdo, agora imaginem; ali vêm carros que entram na cidade vindo do sentido Guaibim, outros que trafegam na cidade, um absurdo!

Ainda bem que o São João de Ituberá vai esvaziar um pouco a cidade nesses dias de festa, e ai poderemos trafegar tranqüilos pela cidade, isto é; se o São João que o prefeito está promovendo por aqui não superar o de lá. Só mesmo um gesto que as pessoas de Valença têm, meio ao estilo dos italianos de gesticular, quando levantam a mão, balançam como se fosse dar um tapa e diz: “Ah um bom delegado!”

Fico imaginando; como um homem tão rico pensa tão pobre.

Comentários { 7 }

UM ALERTA PARA SUA ESTUPIDEZ.

 

“…no mundo não há mais lugar pra quem toma decisições na vida sem pensar”.

Comentários { 0 }

AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATE SERVIÇOS PÚBLICOS ESTADUAIS NO TERRITÓRIO BAIXO SUL

 

baixosul2

Oitenta e cinco representantes da sociedade civil e do poder público dos municípios que integram o Território de Identidade Baixo Sul, participaram da Audiência Pública sobre os serviços públicos estaduais, realizada na Câmara de Vereadores de Valença nesta quarta-feira (17). O evento, organizado pela Ouvidoria Geral do Estado da Bahia, inicia um ciclo de consultas populares junto aos cidadãos em relação à prestação de serviços pelo Estado e o funcionamento de órgãos públicos.

Durante a audiência, os cidadãos puderam reclamar, denunciar e fazer sugestões sobre a atuação do Governo do Estado em suas respectivas localidades. As opiniões serão convertidas em relatórios e irão nortear o planejamento de políticas públicas na Bahia pelo executivo estadual, além de apontar deficiências da administração pública e sinalizar possibilidades de melhoria na prestação de serviços. Até 2010, as Audiências Públicas serão realizadas em todos os 26 Territórios de Identidade do estado.

Para o Ouvidor Geral do Estado, Jones Carvalho, as audiências garantem a participação popular na administração pública e aproxima os órgãos públicos dos cidadãos. “Nós saímos do gabinete e viemos ouvir as críticas da sociedade, pois ninguém melhor do que o cidadão para avaliar a qualidade dos serviços públicos estaduais”. Já para a presidente da Câmara de Vereadores de Valença, Diana Farias, a presença da Ouvidoria Geral e a realização do evento demonstram o caráter participativo do Governo do Estado. “Ouvir os cidadãos é o primeiro passo para melhorar a atuação da gestão pública”, diz.

Marcelo Borges, coordenador da Federação Municipal da Associação de Moradores de Valença, destacou que até então nunca uma audiência pública havia sido realizado no município. Para ele, o evento organizado pela Ouvidoria Geral, foi uma “aula de cidadania e diálogo com a sociedade”.

Território Baixo Sul
Os municípios de Aratuípe, Cairu, Camamu, Gandu, Igrapiúna, Ituberá, Jaguaripe, Nilo Peçanha, Piraí do Norte, Presidente Tancredo Neves, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães integram o Território  Baixo Sul. Juntas, estas 14 cidades somam uma população estimada de 333.357 mil habitantes.

Fonte: Yuri Almeida
Assessoria de Comunicação
Ouvidoria Geral do Estado da Bahia

Comentários { 0 }

NO ENCONTRO DO PMDB O “TIO” FOI VAIADO E DISTRIBUIU BANANA, MAS FOI UM “MAXIXE” QUE FEZ SUA INDISGESTÃO.

 

image

Eu soube que no encontro do PMDB fizeram uma maldade com o pobrezinho do “Titio Ramiro”, deram uma vaiazinha nele que durou nada mais nada menos que 2 minutos e 33 segundos, que peninha do “pobre” tio, porque será que o povo de Valença está fazendo isso com ele depois que lhe encheram com 17.000 votos?

De quebra, na saída encontrou um legume, “Maxixe” que lhe encheu de desaforos. Como o “Titio” não é brincadeira retribuiu com uma boa quantidade de bananas.

Vocês se lembram quando o prefeito mandou Ricardo Moura plantar maracujá? Tai, levou “Maxixe” pela cara.

Coisas de Valença!

Comentários { 6 }

V ENCONTRO REGIONAL DO PMDB.

image

image

 

“Se o povo me chamar eu vou”, diz Geddel no encontro regional de Valença

Valença se emocionou durante o 5º Encontro Regional “PMDB 2010”, que reuniu cerca de 2 mil pessoas. Por mais de 10 minutos, o auditório aplaudiu de pé o discurso do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, que falou da importância da base do PMDB no processo de decisão para as eleições do ano que vem.
“Muito mais importante para mim é ter a convicção de que, juntos com vocês, vamos realizar na Bahia, na terra onde nasci, as conquistas que sonhamos para os nossos filhos. A minha vontade é de servir a Bahia. É preciso acreditar no futuro, acreditar na Bahia e na esperança do nosso povo. Se o povo me chama, eu vou”, disse o ministro, aclamado candidato a governador na maioria dos pronunciamentos feitos pelas lideranças peemedebistas da região.
Entre os presentes, estavam 18 prefeitos – entre eles o prefeito de Nazaré, Milton Almeida Jr,do PTN – os deputados peemedebistas Marcelo Guimarães Filho (federal), Leur Lomanto, Joélcio Martins e Virginia Hage (estaduais), além de lideranças e presidentes locais do PPS, PSDB, PDT, PP, PSC, PV, PSB e PTN. O prefeito de Salvador, João Henrique, fez um discurso afirmando que “o ministro Geddel é o melhor para governar a Bahia” e que se ele for candidato a governador “terá em seu palanque também o meu pai, o senador João Durval Carneiro”.
Geddel Vieira Lima chegou às 11:45 ao local do encontro, o Ginásio do Colégio Social, acompanhado pelo prefeito João Henrique. Eles foram recebidos pelas lideranças e populares com o coro: “Ô, Ô, Ô, Ô, Ô. É Geddel para governador”. Em ritmo de festa, o Grupo Esfarrapados, da Comunidade do Areial, homenageou o ministro e comitiva, com dança de quadrilha junina.
A surpresa do encontro foi a homenagem do cantor e compositor Edu Casanova. O autor de sucessos como “Cabelo Raspadinho”, gravado pelo Chiclete com Banana. Recebeu o ministro com uma canção de apoio: “Se a minha terra tá me chamado eu vou/ Se meu povo me ensina, me anima, me dá amor/ Então avisa pra todo o mundo que a hora chegou/ A Bahia inteira quer Geddel para governador”.
Ricardo Moura, o candidato do PMDB a prefeito de Valença na eleição de 2008, vencida pelo atual prefeito Ramiro Queiroz (PR), parabenizou o ministro Geddel pelos recursos da ordem de R$ 1 milhão destinados a obras de recuperação da cidade contra os danos causados pelas chuvas. “O ministro não trabalha com visão de beneficiar seus correligionários e sim beneficiar a população. É isso que revela o verdadeiro líder”, disse Moura.
A mobilização pela candidatura de Geddel foi a tônica no ato do PMDB 2010 de Valença
Fonte: PMDB – Bahia

Comentários { 3 }