Archive | janeiro, 2019

COMO PODEMOS MUDAR O PAÍS COM UM “POVINHO BUNDA” COMO O NOSSO?

Sempre que se inicia um novo ano a esperança se renova, esse é o ano em que eu faço 60 anos de idade e posso garantir que no decorrer desse tempo renovei todas as vezes as minhas esperanças. Já vi de tudo nesse mundo, por isso, posso garantir que não me engano mais, qualquer coisa de errado que eu venha a estar dentro não poderei mais culpar a minha inocência, pois na renovação das esperanças renovamos a esperteza, a sabedoria, e por isso não devemos mais cair nas tentações. Se cair…

Mas o que me deixa mais assustado com tudo isso, é justamente a não evolução do homem, continuam rudes e rebeldes, ainda se tomam poder de governos da forma mais canalha e cínica que possa existir. Aqui no Brasil, um movimento com o exército e o judiciário deitaram e rolaram, usurparam da forma mais descarada e deram um golpe às barbas de países que properam por que respeitam a democracia.

Não querendo fazer apologia ao não uso de vacinas em crianças, mas nos anos 80 eu conheci um cidadão, funcionário da Polícia Civil da Bahia, que me disse que não vacinava os seus filhos, dizia ele que, aquilo era uma epécie de antídoto para inibir nossos filhos, para deixarem nossos filhos medrosos e submissos. Luiz dizia que nossas crianças tomavam muitas vacinas e garantiu que nunca teria dado uma sequer a um filho seu. À época ele já tinha filho com mais de dez anos e dizia que nunca tiveram problemas nenhum.

Tem certas coisas que temos receio em comentar para que não venham nos dizer que somos estúpidos, mas quando a gente vê um povo que nem o nosso, serem saqueados abaxio de suas barbas, levarem nossa democracia, como se retira o pirulito da boca de uma criança, só podemos dizer como dizia o Casseta: “Ê povinho bunda!”.

Aqui nesse país pode tudo, a direita vai pras ruas pedir para tirar uma presidenta que ganhou a eleição de forma legítima, e a outra turma que a elegeu, assiti tudo de forma pacífica e não diz nada.

Então, como podemos ensinar nossos filhos a serem honestos nessa merda, quando tem um monte de espertos levando tudo da forma mais canalha, mais sacana que existe no mundo do crime!?

Então, se me verem numa falcatrua, podem me perdoar, devo estar com medo, ou devo ter virado descarado mesmo.

Comentários { 2 }