Archive | março, 2011

FÁBRICA DE CHOCOLATE SERÁ CONSTRUÍDA EM CAMAMU

ioná com gerALDO SIMÕES Nesta quarta-feira (30) o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, recebeu o Deputado Geraldo Simões, acompanhado da Prefeita Ioná Queiroz e do Vice-Prefeito Fernando Santana de Camamu (BA). O objetivo da reunião foi tratar, principalmente, da implantação da fábrica de chocolate para a agricultura familiar do território Baixo Sul, que será construída em Camamu.

A meta do projeto é que a fábrica processe 800 quilos de chocolate por dia, atendendo 500 famílias de agricultores vinculados à Cooperativa dos Produtores de Camamu – COOPROCAM. Os agricultores filiados estão organizados em 50 associações de produtores rurais, abrangendo 11 assentamentos, 12 comunidades ribeirinhas e 10 comunidades quilombolas.

De acordo com Geraldo Simões, o Ministro Afonso Florence foi incisivo quando terminaram a apresentação da idéia, dizendo com determinação: “topo”! O deputado afirmou também que o projeto será integrado à prioridade de Combate à Pobreza e deverá assumir a forma de um convênio com o Ministério de Desenvolvimento Agrário, sendo executado através da Caixa Econômica Federal, em conjunto com a Prefeitura de Camamu.

Simões agradeceu ao Ministro pelo entusiasmo com que recebeu o Projeto e felicitou a Prefeita Ioná e ao Vice Fernando, solicitando que os mesmos transmitam seus desejos de sucesso aos agricultores da cooperativa.

Vanessa Dantas

ASCOM – PM/Camamu

Comentários { 24 }

O PROJETO DA MÉDIA FOI VETADO

CARIMBO REPROVADO Eu soube que o prefeito Ramiro Campelo vetou o projeto do vereador Reginaldo Araújo, que pede isenção da TLF para advogados. O nosso Rábula estava certo, entrou, comentou e disse que era inconstitucional.

Tenham certeza que o prefeito Ramiro vetou, não por que é inconstitucional, mas porque ele não gosta de perder dinheiro pra ninguém.

E os vereadores que votaram a favor do projeto!? E os criadores do Projeto!? Que cara, heim meus caros?

Quero lembrar que os vereadores que fazem parte da comissão de justiça e são criadores do projeto são: Reginaldo Araújo (líder do prefeito), Maria Helena (sobrinha de sangue do prefeito) e Gama (o capiau que não sabe de nada).

Comentários { 2 }

Prefeitura de Cairu inicia segunda etapa da restauração da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário

segunda etapa do convento de cairu O início dos trabalhos de restauração completa da Matriz de Nossa Senhora do Rosário – monumento histórico que data de 1610 – é mais um grande passo da administração do Prefeito Hildécio Meireles para a valorização do patrimônio cultural do município.

Com aplicação de receitas próprias de R$2,4 milhões, esta segunda etapa compreende obras de engenharia, pintura interna e externa, implantação de iluminação, restauro completo do interior, bem como dos afrescos e das obras sacras.  Na etapa anterior, igualmente realizada com receitas próprias de R$0,6 milhão, foi restaurada toda a cobertura da Igreja. Assim, nas duas etapas a Prefeitura terá aplicado receitas próprias da ordem de R$3 milhões de reais.

A Matriz do Rosário é obra prima da arquitetura jesuítica, uma jóia da colonização portuguesa e, para os cairuenses, testemunha viva do passado, da evangelização e da história. A obra é uma ampla intervenção arquitetônica para recuperação completa do monumento; concebe nova ocupação integrada com a permanência da função religiosa original. Está aí, portanto, a preocupação de idealizadores, administradores e técnicos, de absoluto respeito aos cinco séculos de vocação contemplativa, educacional e de promoção social da instituição jesuítica.

Recentemente o Prefeito Hildécio Meireles visitou a Igreja para inteirar-se dos trabalhos, ocasião em que esteve acompanhado do Vice Prefeito Zeca Ribeiro, secretários e assessores, mostrando-se todos impressionados com o porte da obra. Segundo HM a conclusão desta restauração representa mais que a recuperação de um importante monumento. “Nossa Senhora do Rosário é padroeira do município de Cairu, o primeiro nome dado a esta terra foi Vila de Nossa Senhora do Rosário de Cairu e é desde aquela época que vem a fé e a devoção de nosso povo por Nossa Senhora do Rosário. Nada mais justo do que entregarmos essa igreja totalmente recuperada para que os cairuenses voltem a celebrar a Festa do Rosário com a sua Matriz em todo seu esplendor”, disse o Prefeito.

Jamille Soares
Assessora de comunicação/PMC

Comentários { 5 }

BANDIDOS DE VALENÇA ROUBAM E MATAM EM TAPEROÁ

TAPEROÁ SÃO BRAZ Hoje a pacata cidade de Taperoá, há 17 km daqui, foi surpreendida com a violência exportada de Valença. Um cidadão de 80 anos de idade foi executado por dois marginais numa tentativa de assalto à sua propriedade, um estabelecimento comercial. Segundo o repórter, Ademilton Ferreira, da Rádio Rio Una os dois bandidos são daqui de Valença, do Bairro da Bolívia, inclusive um já está preso, feito pela policia local.

Não acredito que as usinas de Fukushima (no Japão) atinjam seus níveis de radiação a ponto de contaminar as cidades próximas, mas tenho certeza que toda cidade próxima de Valença será contaminada com o alto índice de criminalidade que aqui sofremos.

É Valença exportando bandidos para outras cidades, sinal de que aqui a concorrência está alta e aí partem para outras cidades próximas. Com certeza todos que estiverem por perto sofrerão com esse mal. Depois a coordenadora disse que é só uma sensação de insegurança que nós estamos sentindo.

Comentários { 21 }

RAMIRO: CALÇAR DEZ QUILÔMETROS DE RUA É DIFÍCIL, PIOROU SESSENTA

ruas da graça 006 O prefeito Ramiro Campelo em entrevista a Rádio Clube de Valença, assinou sua sentença de incompetente, disse que a cidade tem mais de 60 km de ruas para serem calçadas e mesmo que com um grande empenho por parte dele (o que não acontece), não conseguiria calçar nem dez quilômetros. Piorou sessenta heim? Claro! Ou será que ele pensa que o povo acredita que ele fará alguma coisa? A frase do próprio prefeito serviu para alertar ele mesmo:  “Ser prefeito de Valença requer muita competência, muito caráter, muita vocação de servir a comunidade”. O que não é o caso dele.

Comentários { 10 }

HEIL HITLER!

JOSIAS GOMES HY HITLER Li no Jornal A Tarde, na Coluna Tempo Presente de Levi Vasconcelos, que num voo da TAM que seguia de Salvador para Brasília com 15 deputados federais baianos, que o deputado Josias Gomes (PT), circulava com um grosso livro na mão. Era a biografia de Adolf Hitler. Antonio Imbassahy (PSDB) viu e disparou:

– Poxa, Josias. Nós já temos uma dificuldade imensa para fazer oposição e você ainda fica se inspirando nesses caras?

Alice Portugal (PCdoB) completou:

– E não faz questão de esconder as preferências!

Josias nunca me enganou. 

Comentários { 3 }

Prefeitura de Cairu realiza mais uma Audiência Pública sobre Plano Local de Habitação de Interesse Social

cairu plhis Representantes de associações, entidades de classes, técnicos, agentes e articuladores sociais de todo o Município de Cairu participaram na última sexta-feira (25/03) de mais uma Audiência Pública do “Plano Local de Habitação de Interesse Social” (PLHIS) promovida pela Prefeitura de Cairu, através da Secretaria de Trabalho, Esporte e Ação Social e pela entidade de consultoria Severina – Construindo Cidadania.

O PLHIS é um instrumento que tem o objetivo de diagnosticar a situação habitacional nos municípios e dar as orientações e diretrizes para o planejamento do setor habitacional com foco especial na habitação de interesse social. Ele serve como facilitador de recursos para o município, habilitando a cidade para receber recursos destinados a construção de casas populares, sendo que as cidades que contam com o plano serão priorizadas.

Esta audiência pública sobre o PLHIS realizada pelo município teve por objetivo discutir a Repactuação da Metodologia e Apresentação Preliminar da Realidade Habitacional Local. Após explanação realizada por representantes da Severina sobre o diagnóstico preliminar das condições habitacionais de Cairu, obtidas através de visitas de campo, a comunidade pode obter esclarecimentos sobre os dados apresentados e fazer sugestões para a melhoria dos trabalhos.

cairu plhis 2 Para o Secretário de Ação Social, Fernando Brito, o PLHIS só vem  impulsionar ainda mais os investimentos feitos pela administração do Prefeito Hildécio Meireles no setor habitacional. “Cairu é exemplo na busca em sanar o déficit de moradias. Essa tem sido uma meta do Prefeito Hildécio. Na Sede do município a Prefeitura está erguendo um novo bairro, estrategicamente localizado nas proximidades de uma creche-escola e de uma unidade de saúde, com 102 unidades habitacionais, dotado de completa infraestrutura urbana, como rede de água, energia elétrica, drenagem de águas pluviais, ruas pavimentadas, passeios além da construção de equipamentos de cultura, esporte, lazer e recreação. Também já foi sancionada pelo Prefeito Hildécio Meireles a lei municipal que cria mais um programa social no município, o “Minha Casa, Meu Lar” vai beneficiar as famílias mais necessitadas de todos as localidades de Cairu, possibilitando que estas realizem melhorias habitacionais em suas residências”, lembrou o Secretário.

Participaram  também da audiência o vereador Valdinei Cruz, o ex-presidente da Câmara Francisco Alves dos Santos “Tião”, o gerente municipal de convênios e contratos de repasses Daniel Soares, o chefe de cerimonial Jacy Bartolomeu, o diretor do CECAME Emanuel Ribeiro, a assessora técnica da Secretaria de Governo Daniela Lima, além de técnicos da SETREAS e de outras secretarias municipais.

Jamille Soares
Assessora de comunicação/PMC

Comentários { 0 }

DIANA FARIAS RESPONDE A COMENTARÍSTA DO BLOG SOBRE VINDA DA CAPITANIA DOS PORTOS

Um comentarista do blog me perguntou:"Pelegrini, gostaria de saber como é que está aquele projeto da vereadora Diana de implantar a Capitania dos Portos em Valença. Qual o resultado de tanto alarde na mídia?", enviei a pergunta ao e-mail da vereadora e ela nos respondeu:

De: Diana Farias

Para: blog do Pelegrini

Assunto: Resposta à solicitação sobre a vinda da Capitania dos Portos em Valença

Caro senhor,

Inicialmente, peço desculpas pela demora em responder-lhe o e-mail enviado.

Acredito ser de grande importância relatar aqui um pouco da história recente dos fatos que vêm ocorrendo com o intuito de implantação em nosso município de uma sede da Capitania dos Portos.

A idéia inicial dessa implantação aconteceu no ano de 2009, quando assumi a Vereança em nossa cidade. Por ser professora, tenho acompanhado com grande tristeza a falta de perspectiva dos nossos jovens quando concluem o Ensino Médio, principalmente na Escola Pública, cujo curso de Formação Geral geralmente não os prepara adequadamente para os vestibulares ou mesmo para o mercado de trabalho.

Por reconhecer a importância de uma instituição tão séria como a Marinha do Brasil, solicitei uma audiência com o então Comandante Muniz de Aragão na sede da Capitania dos Portos em Salvador, sendo acompanhada por Evaldo Farias, ex-Vice Prefeito de Valença, o Vereador Raimundo Magalhães Costa e o Sr. João Carlos Paes Muniz. Fomos atendidos e expus a nossa solicitação, dizendo acreditar nos benefícios da vinda da Capitania para Valença. Isso muito contribuiria para a segurança do tráfego aquaviário, à salvaguarda da vida humana no mar e à prevenção da poluição do Rio Una, além de oportunizar aos jovens valencianos um maior contato com representantes dessa importante instituição militar, vislumbrando talvez o acesso e permanência como futuros marinheiros ou oficiais. Além disso, o grande número de valencianos que hoje precisam deslocar-se para Salvador ou outros municípios para conseguir regularizar sua documentação no transporte marítimo seria facilitado.

Há de se salientar que a Capitania dos Portos já se faz presente em nosso município a vários anos, principalmente com a Campanha "Legal no Mar – Navegue com Segurança". Uma ação que conta com o apoio de diversas instituições. Mas por não terem ainda a sua sede, essas vindas são esporádicas.

Na ocasião, o Comandante Muniz de Aragão nos informou que apenas o Comando Geral no Rio de Janeiro poderia validar essa solictação e que entraria em contato conosco com a maior brevidade possível.

Para nossa alegria, dias depois fomos comunicados da resposta positiva da Marinha Brasileira. Para dar continuidade ao projeto, convidamos o Comandante Muniz de Aragão para uma reunião em nosso gabinete juntamente com o representante do Executivo Municipal. o Comandante salientou que seria necessário a doação de dois terrenos por parte do Município para construção não apenas da Agência da Capitania mas também a construção de uma Vila Militar que deverá abrigar oito famílias de oficiais que aqui trabalharão e residirão. Falou também do desejo do município vizinho de Cairu em sediar a Capitania, tendo inclusive oferecido condições favoráveis para tal.

Lembro que naquela ocasião, fui convidada pelo então Presidente Fernando Brito e participei de uma reunião na Câmara de Vereadores de Cairu, onde se encontravam representantes de vários setores daquele município, visando esclarecer as vantagens da Capitania ali se instalar. Naquele momento, fiz ver àqueles senhores que a nossa luta era para a implantação em Valença, mas que certamente iria beneficiar toda a região. Também deixei claro que a Marinha tinha intenção de num próximo empreendimento instalar em Cairu um Posto Avançado, segundo o próprio Comandante Muniz de Aragão.

Em 2010, assumiu o Comando da Capitania dos Portos da Bahia o Comandante Baltoré que esteve conosco em vários momentos em Valença para acompanhar o andamento da doação dos terrenos. Logo que a Prefeitura enviou o projeto para a Câmara de Vereadores e este foi aprovado, o Comandante Baltoré, acompanhado por uma equipe de engenharia da Diretoria de Obras Civis da Marinha aqui esteve, com o objetivo de visitar os terrenos destinados a instalação da sede valenciana, além de ter acesso a dados necessários para dar continuidade ao referido Projeto. O Comandante Baltoré, a arquiteta Vitória Manzani e as engenheiras Sandra Passos e Sonia Cunha visitaram a área no bairro Novo Horizonte e também o terreno localizado no bairro do Tento, próximo ao IFBA, antigo CEFET que está sendo desapropriado com a finalidade de doação à Marinha do Brasil. Segundo informações, a intenção da Capitania é construir uma agência do mesmo porte da situada em Porto Seguro. No mês de dezembro, recebi da Capitania dos Portos, através do Comandante Baltoré, um belíssimo quadro em reconhecimento ao trabalho e dedicação dessa Vereadora ao projeto de instalação da sede em Valença. Destinei o mesmo ao Memorial da Câmara e lá deverá ficar por algum tempo para exposição.

É importante salientar também que independente da conclusão dessa instalação, Valença já vem recebendo os frutos dessa parceria. A Escola Municipal Monsenhor André Costa, no Bairro do Tento, foi reformada recentemente pela Capitania dos Portos. Já acontecem nas escolas municipais e estaduais o Projeto Cisne Branco, que é um concurso de redação com premiação aos estudantes como incentivo à leitura e escrita, entre outros.

Concluindo, o primeiro terreno para a instalação já está legalmente doado – onde deverá ser construída a Vila Militar – e o segundo terreno aguarda tão somente o despacho da Excelentíssima Sra. Dra. Alzeni, juíza de Direito dessa comarca, para desapropriação. Informamos ainda que a Prefeitura Municipal de Valença já depositou o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) solicitado pela juíza em seu despacho para os proprietários do citado terreno, visando dar continuidade ao processo.

Espero ter respondido à sua solicitação a contento. Muito me agrada saber que essas ações deverão muito em breve trazer grandes benefícios à nossa cidade. Muito mais poderemos realizar, com a colaboração daqueles que realmente amam e respeitam o nosso município. Na oportunidade, coloco mais uma vez meu gabinete à disposição dos irmãos valencianos para sugestões de como podemos continuar colaborando com nosso município.

Obrigada.

Diana Farias – Vereadora

Comentários { 6 }