Archive | outubro, 2010

DILMA ROUSSEFF É A 1ª MULHER PRESIDENTE DO BRASIL

eleitaDilma Rousseff (PT) destacou neste domingo o fato de ser a primeira mulher eleita presidente do Brasil em seu pronunciamento após a vitória. Segundo ela, sua eleição é uma demonstração do avanço democrático do país.

Comentários { 49 }

EU AMO O NORDESTE EU AMO O BRASIL

EU AMO O NORDESTE

Comentários { 15 }

SERRA

Figura1

Comentários { 7 }

DILMA

dilmão

Comentários { 2 }

União dos mineiros aponta para vitória de Serra no estado

serra em minas bh A apenas um dia do segundo turno da eleição presidencial, que será realizada amanhã, o presidenciável José Serra liderou um grande ato de encerramento de sua campanha em Belo Horizonte no final da manhã desse sábado (30). Acompanhado da chapa vitoriosa no pleito estadual – o governador reeleito Antonio Anastasia e os senadores eleitos Aécio Neves e Itamar Franco -, Serra percorreu seis quilômetros acompanhado de centenas de veículos. A carreata teve início no Palácio das Mangabeiras e terminou no bairro da Savassi, onde a militância se reuniu em torno do carro onde estavam Serra, Aécio, Anastasia e Itamar. Durante todo o trajeto, a comitiva foi ovacionada pelo eleitorado mineiro, grupo que será decisivo para o resultado final da eleição. Entre os motoristas e pedestres que encontraram com a comitiva, o clima de aceitação à candidatura de Serra era nítido. Grande parte dos eleitores acenava com gestos positivos e gritos em defesa da democracia, valor que só a candidatura do tucano representa de forma digna. Entre papéis picados verdes e amarelos, o término do evento foi marcado pela exibição de um vídeo com depoimento de Hélio Bicudo, fundador do PT, favorável à postulação de Serra ao Planalto. Cerca de oito mil pessoas acompanharam o fim da carreata. Após abraços mútuos, Serra, Aécio, Anastasia e Itamar deixaram o local. Ainda em Belo Horizonte, a agenda de Serra prevê uma entrevista coletiva à imprensa.

Comentários { 2 }

O BAIRRO ESTÂNCIA AZUL PEDE SOCORRO

SDC12199 Meus amigos, hoje (30) logo cedo, recebi umas fotos do Bairro Estância Azul, das mãos de alguns moradores, que estão revoltados pelo descaso com que o prefeito trata aquele local. Há algum tempo atrás eu soube através de Ricardo Moura que o então ministro da Infra-Estrutura, Geddel Vieira Lima, disponibilizou R$ 1.000.000,00 para beneficiamento daquele bairro. Os moradores dizem que não viram nenhum benefício, e toda vez que chove é um desespero para eles, as pessoas não podem sair de casa para nada.

SDC12184Soube que outro dia o prefeito esteve por lá, recebeu muitas vaias dos moradores, mas não perdeu a forma de debochar com as pessoas, passando perto de um boteco viu algumas pessoas tomando corote, pegou a garrafa e virou tomando um gole.

SDC12191 Dia de chuva fica impossível para as pessoas saírem de casa, todos os lugares ficam alagados, as crianças não vão a escola e muitas pessoas ficam sem trabalhar. É assim que a prefeitura de Valença trata aquelas pessoas, justamente as pessoas que deram votos a esse prefeito.

SDC12180Quero ver por quanto tempo esse prefeito vai deixar aquela comunidade passar por esse constrangimento. Não é por falta de verba, como já disse, o ministro Geddel disponibilizou só para o local R$ 1.000.000,00, só que, até agora nenhum benefício foi feito.

Quando essas pessoas nos procuram, fazem isso porque acreditam na gente, não publicamos notícias falsas, não temos interesses em prejudicar ninguém, simplesmente alertamos os gestores das cidades para os descasos com a população. Não recebemos dinheiro de ninguém, não mostramos notícias por conveniências. Já disse e volto a dizer, quem mantém o blog é a sorveteria não recebemos dinheiro de políticos, tampouco de comerciantes, só e simplesmente para falar bem deles. Quando tiver que falar bem de alguém, falaremos, quando tiver que falar mal, não precisa nem mandar. 

Comentários { 11 }

Bento XVI e o silêncio dos bispos

PE. PAULO RICARDO DE AZEVEDO JR. | 28 OUTUBRO 2010

Com o discurso de hoje, Bento XVI rompe, desde o mais alto grau da hierarquia católica, o patrulhamento ideológico que o PT vem impondo a bispos do Brasil através de ameaças, pressões diplomáticas, xingamentos e abusos de poder.

Faltando três dias para a votação do segundo turno, o acalorado debate eleitoral ganhou um interlocutor de peso: o Papa Bento XVI.

Num discurso pronunciado, nesta manhã de quinta-feira, para bispos do Nordeste – reconhecida base eleitoral do PT de Dilma Rousseff – Bento XVI condenou com clareza "os projetos políticos" que "contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto".

Com o discurso de hoje, Bento XVI rompe, desde o mais alto grau da hierarquia católica, o patrulhamento ideológico que o PT vem impondo a bispos do Brasil através de ameaças, pressões diplomáticas, xingamentos e abusos de poder.

É conhecida a absurda apreensão, a pedido do PT, de milhares de folhetos contendo o "Apelo a Todos os Brasileiros e Brasileiras", em que a Comissão em Defesa da Vida, da Regional Sul I da CNBB, exortava os católicos a não votar em políticos que defendam a descriminação do aborto. É conhecida a denúncia do bispo de Guarulhos, Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, de que tem sido vítima de censura e perseguição por parte do PT (cf.Revista Veja). É arquiconhecida a prisão de leigos católicos que realizavam o "ato subversivo" de distribuir nas ruas o documento dos bispos de São Paulo.

O Papa convida os bispos à coragem de romper este patrulhamento e falar. Ao defender a vida das crianças no ventre das mães, os bispos não devem temer "a oposição e a impopularidade, recusando qualquer acordo e ambigüidade".

O pronunciamento de Bento XVI ainda exorta os bispos a cumprirem "o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas". E, numa clara alusão a uma das propostas do PNDH-3 do PT, se opõe à ausência "de símbolos religiosos na vida pública".

Com seu discurso, o Papa procura evitar que o Brasil continue protagonista de um fenômeno que seria mais típico do feudalismo medieval, do que de uma suposta democracia moderna. De fato, durante a Baixa Idade Média, era comum que os posicionamentos e protestos mais decididos fossem os do Papa, enquanto os do episcopado local, mais exposto às pressões e ao poder imediato dos senhores feudais, eram como os de um cão atado à coleira. Pode até ensaiar uns latidos, mas quem passa por perto sabe que se trata de barulho inofensivo.

Ao apagar das luzes da campanha de segundo turno, o Pontífice parece preparar o terreno para que a Igreja do Brasil compreenda, sejam quais forem os resultados das eleições, que é inútil apelar para um currículo de progressos sociais e de defesas dos oprimidos do Partido dos Trabalhadores, quando seu "projeto político" está tão empenhado em eliminar os seres humanos mais fracos e indefesos no ventre das mães.

FONTE: MÍDIA SEM MÁSCARA

Comentários { 4 }

Serra diz que é ‘bom para o mundo’ ouvir o papa defender a vida

Candidato à presidência da República, José Serra, faz campanha pelas ruas de Recife. Pernambuco, 27/10/2010 – Foto Marcos Brandão/ObritoNews
O candidato a presidente José Serra (PSDB) fez um rápido comentário nesta quinta-feira, 28, em Uberlândia (MG), sobre a atitude do papa Bento XVI, que condenou o aborto e conclamou os bispos brasileiros a orientarem politicamente os fiéis católicos. Serra disse que não leu a declaração do papa na íntegra, mas que conhecia o seu teor. "O papa é um líder espiritual mundial da igreja católica, ele tem o pleno direito de emitir as suas diretrizes e orientações para os católicos do mundo. (Ele) Tem plena liberdade de fazê-lo, é um guia espiritual muito importante, e a defesa da vida é algo que merece fazer parte das palavras do Papa, além do que é previsível, além do que é bom para o mundo ouvir isso: a defesa da vida", disse o tucano.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Comentários { 5 }