Archive | maio, 2009

FARRA DAS DIÁRIAS NA CÂMARA.

image Depois da “farra das passagens aéreas”, vem ai, a farra das diárias, promovida pela câmara de vereadores. Já tem gente entrando no ministério público para investigar sobre esta suposta farra numa câmara de vereadores aqui do baixo-sul. Segundo informações, o legislativo brinca com a distribuição de diárias para vereadores, tem gente viajando até com seus companheiros (as), por conta das diárias.

Vamos esperar para ver a denúncia.

Comentários { 1 }

VALENÇA, TERRA DE TALENTOS.

image

image  imageimage 

Valença é uma cidade rica de talentos, daqui exportamos grandes jogadores de futebol assim como: Washington, Jorge Valença,  Liedson, Luciano Baiano. Jornalistas, como Levi Vasconcelos, da coluna “Tempo presente” do Jornal A Tarde, radialistas como Chico Queiroz e inúmeros outros. Poetas, políticos. Ainda temos muitos talentos, de pessoas jovens e idosas.

Fico a me perguntar; porque colocam radialistas de fora, que não conhecem a realidade do nosso município para fazer os nossos programas? Quem melhor que Dorgival Lemos (que está no rádio há mais de 20 anos e já foi vereador por nossa cidade), para falar dos nossos problemas? Quem melhor que Zé de Buca (que já teve jornal escrito), para meter bronca nos descasos do prefeito? Quem melhor que Arnaldo Santana, com toda a sua elegância e diplomacia para convencer o executivo a fazer alguma coisa? Quem melhor que Roberto Mello, para denunciar o crime em nossa cidade? A Rádio Rio Una FM uma outra emissora cheia de talentos, assim como Ciro Pimentel que faz um programa de grande audiência, tendo os seus repórteres de rua: Augusto César e Franklin Freitas.

Temos três emissoras de Rádio; a “Valença FM”, a “Clube de Valença AM”,  a “Rio Una FM”, e alguns jornais periódicos, assim como o “Valença Agora” e o “Rolando na Orla”. Somos bem servidos de veículos de comunicação, todos com qualidade muito boa… É claro que há gosto para tudo.

Então nós não precisamos importar radialistas para fazer programa de rádio, e ainda por cima, falar por telefone de Salvador… aí é subestimar nossos profissionais. Refiro-me ao apresentador “Batatinha”, que tem um programa na rádio Valença FM, por sinal de péssima qualidade, com uma linguagem escrachada e medíocre, mais parece menino repetindo o que o adulto manda, desrespeitando as famílias de Valença, usando palavras de sentido duplo, como: “vai tomar no rim”. Pelo amor de Deus, não precisamos disso, queremos nossa lucidez no rádio de volta, essas pessoas devem ser muito engraçadas nos redutos delas, para nós isso é coisa ultrapassada, esse “Batatinha” está mais para apresentador de circo de quinta categoria.

Senhor Dário, sei do seu potencial, do grande empreendimento na educação que o senhor fez na nossa cidade, agradecemos, portanto. Vamos valorizar os nossos profissionais, respeitar mais os lares das nossas famílias. Se é para criticar Ramiro, cobrar, vamos juntos, estamos aqui para ajuda-lo. Mas com responsabilidade, sem querer transformar o nosso lamento num achincalhamento.

Comentários { 30 }

HOMENAGEM AOS VERAS DE ITAPETINGA.

Please Mr. Postman

O nosso vídeo dessa semana é uma indicação de Mário (FACOM). Boa lembrança amigo. Volto ao início dos anos 70, lá em Itapetinga, conheci uma família que eram apaixonados pelos Beatles, filhos de dona Alice Veras, pessoas simpaticíssimas, principalmente ela. Então aprendemos a gostar dos Beatles por causa do bom gosto deles.

Portanto, vai essa homenagem a família “Veras”, ao nosso amigo Mario, e aos amigos da FACOM.

Comentários { 8 }

UM CRIME MISTERIOSO EM VALENÇA

image Um crime virou mistério em Valença; um adolescente de 14 anos foi morto com um tiro na cabeça, e ninguém sabe quem executou o disparo, sabendo que no momento haviam três pessoas (comerciantes) no local, inclusive o pai do garoto chegou no momento da tragédia.

Os três comerciantes são acusados do crime. Pelo que contam, um deles fez o disparo, mas até o momento ninguém acusou ninguém. Dizem que o pai do garoto no momento em que abaixou-se para pegar o filho também foi ameaçado.

O crime ocorreu por volta das 23 horas do dia 27, em um local bastante perigoso para aquele horário. Temos uma pergunta no ar: O que um garoto de 14 anos estava fazendo num lugar desse a essa hora? Também o que esses três comerciantes estavam fazendo em suas lojas nesse horário, sabendo que aquele local é bastante perigoso?

A policia de Valença investiga o caso.

Comentários { 2 }