PORQUE NOÉ EXCOMUNGOU CANAÃ

image

Na época em que eu lia a Bíblia, a pedido dos meus avôs, eles queriam me colocar na religião a todo custo, eu fiz várias descobertas. Por exemplo: lendo o livro de “Gênesis” na parte da história de Noé, imaginei que alguma coisa de ruim havia acontecido ao velho da arca, quando um de seus filhos o viu nu. Vejam bem! Como poderia Noé excomungar o pobre filho só porque tinha visto ele nu. Eu já havia tirado minhas conclusões do fato, devido um estudo minucioso que minha curiosidade provocou que eu fizesse. Mas só tive certeza da minha conclusão depois de conversar com um membro da religião “Testemunha de Jeová”, e ele ter me apresentado uma obra de grande valor na sua religião, chamada “Conhecimento”. Daí eu tive a certeza das minhas conclusões e pude avaliar: o que o filho mais novo de Noé (Canaã) havia feito com ele era algo de muito grave mesmo, e o livro das “testemunhas de Jeová” afirmam que ali houve o primeiro ato de incesto do mundo.

Conversei com um amigo meu sobre tudo isso, e ele quase faz comigo o que Canaã fez a Noé. Eu disse: calma meu irmão! Se você acha diferente, me conte a sua interpretação pra ver se eu concordo contigo. Mas a fúria do cristão era bem maior que a fúria de Noé sobre o filho. Disse-me: “Não saia por ai falando suas loucuras não! Procure um pastor ou alguém que estudou teologia que eles te explicarão melhor!”. De quebra, na saída ele disse: “Quando for ler a Bíblia peça a Deus para espantar o “Satanás” de perto de você”. Juro que quase morro de rir. Preconceito com o pobre do Satanás.

Ser cristão é usar tampão de burro de carga e aceitar o que teólogos e pastores nos ensinam como eles bem quer? Eu acho que não. Temos conhecimentos próprios, somos capazes de interpretar os ensinamentos bíblicos melhor que os teólogos, pastores e padres. Temos a experiência da vida, para que coisa melhor? Eles vivem a estudar para ganhar o respeito da sociedade, não que eles vão estar mais perto de Deus que nós, por mais sério que sejam.

Não tem moral da história, mas quem quiser ler o livro de Gênesis, capítulo 9 e versículo 20, leia e tire suas próprias conclusões.

8 Respostas para PORQUE NOÉ EXCOMUNGOU CANAÃ

  1. Lúcio Cardoso setembro 4, 2009 às 1:48 pm #

    Caro Pelé,

    pra começar, deixo registrada minha satisfação em acompanhar este post sobre a Bíblia aqui em seu Blog.

    Show de bola!! Que se torne rotina.

    Existem sim, fortes indícios de que se trata de relação incestuosa essa passagem bíblica.

    Encontra-se inclusive outras passagens que tratam assuntos sexuais como “ver a nudez de”, ou “conhecer” outrem. É a linguagem figurada tão usada nas Santas Escituras.

    Pra mim, o que fica explicitado é a natureza caída do ser humano.

    Mesmo Noé, escolhido como único digno de perpetuar a espécie humana quando do grande diluvio, se embriagou e deu ocasião para esta situação escabrosa. Sem falar na atitude descabida de seu filho.

    Sem Deus em nossas vidas meu Irmão, ficamos a deriva, sujeitos a todo tipo de tragédia e descaminho.

    Dependemos totalmente da misericórdia, da graça e do amor que Deus tem por nós.

    Agora, nos esqueçamos de toda doutrina humana e meditemos na Bíblia pura, sem lero lero de picareta nenhum, certo? ;)

    Tem por ai um monte de cego guiando cego!!

    Babilônia meu Caro.

    Grande abraço.

  2. pelegrini setembro 4, 2009 às 4:37 pm #

    Obrigado Lúcio, você mostra a lucidez de um evangélico, de uma pessoa com mente boa e aberta ao diálogo. A passagem de Noé não é um caso para escandalizarmos, mas o Criador queria falar algo com aquilo. Ai agora é uma outra etapa.

    Abraço,

    Pelegrini.

  3. Lúcio Cardoso setembro 4, 2009 às 11:13 pm #

    Pelé,

    depois de uma olhada em http://www.caiofabio.com , vai achar muita coisa legal por lá.

    Abraços.

  4. Esther setembro 5, 2009 às 1:01 pm #

    Gostava muito do Pastor Caio Fábio, muitíssimo. A Globo produzia um programa ecumênico que abria a programação diária da emissora. Nele todos os credos liam a mesma oração e posteriormente teciam algum comentário/mensagem à luz da sua doutrina. Cada dia tinha um religioso – budista, católico, judeu, muçulmano, umbandista e um protestante que era representado pelo Pastor Caio Fábio. Suas colocações eram sempre tão centradas… Gostava imensamente de ouví-lo… Depois aconteceu algo realmente muito sério e acredito que bastante comprometedor envolvendo ele e o PT – O pastor era militante do PT e creio, tinha alguma instituição ou uma ONG que era beneficiária do governo (bem antes do governo Lula)… O certo é que ficou comprovado irregularidades de ordem financeira e houve um escandâlo “cinematográfico”… Lembro-me muito de um encontro televisionado onde pastores de diversos seguimentos debatiam sobre sua conduta ética e moral… O Pastor Silas Malafaya com seu dedo “costumeiro” em riste era um dos mais impiedosos juizes… Nunca esqueci esse episódio… Nisso o Pastor Caio Fábio separa-se da esposa com seus quatro filhos e vai morar nos Estados Unidos com sua secretária… Nunca mais tinha ouvido falar nele… Muito obrigada Sr. Lúcio por permitir ter acesso a esse blog e voltar a contactar com o Pastor Caio Fábio!

  5. Esther setembro 5, 2009 às 2:50 pm #

    Retificação: Os religiosos que falavam na Globo eram: budistas, católicos, judeus, muçulmanos, umbandistas, protestantes e ESPÍTITAS – havia me esquecido dos espíritas. Um para cada dia da semana e uma única oração rezada por todos eles. Realmente um convite ao ecumenismo/holismo!

  6. Lúcio Cardoso setembro 5, 2009 às 5:08 pm #

    Na verdade o Caio foi envolvido por uma onda gigante de suspeições e denúncias logo após se indispor com Edir Macedo, em meados da década de 90.

    O “dono” da IURD já era muitíssimo poderoso naquele tempo, inclusive bancando campanhas políticas de vários poderosos na ocasião.

    Ai já viu, né?

    Caio Fábio comprou a briga, e a máfia caiu em cima.

    De qualquer forma, isso tudo serviu para tira-lo da cena “gospel”, para que ele pudesse pregar o Evangelho verdadeiro de Jesus Cristo, sem se contaminar. Deus sempre sabe o que faz.

    Quanto as atitudes de Malafaia e cia. ltda…

    Sem comentários.

    Grande abraço.

  7. Esther setembro 6, 2009 às 8:11 am #

    Mais uma vez obrigada Sr. Lúcio por essas informações, não sabia que “as irregularidades” atribuidas ao Pastor Caio Fábio foram consequências de um desentendimento com o TODO PODEROSO…

    Tenho como base na minha vida sempre analisar os pontos fortes e pontos fracos e naquele episódio, apesar de desconhecer os bastidores, soube separar a “verdade” que sempre senti na conduta do Pastor Caio Fábio… E olha que não foi “pouca lama” que jogaram nele… Fico feliz por isso… Como fico feliz por continuar admirando Leonardo Boff, apesar da conduta da Igreja Católica.

    Rubem Alves e Frei Beto também são exemplos de grandes teólogos e de belas ações.

    Acredito piamente que tudo que fazemos na nossa passagem pela terra, teremos que prestar conta ao PAI… Com isso, deixo “os cinematográficos e teatrais” para serem JULGADOS por Ele, embora não deixe de me incomodar por tanta “afetação”… Perfomances dígnas dos melhores atores… Gestos bruscos, teatrais… “Caras e bocas” e entonações de voz com nuances inimagináveis… E pra que tudo isso? Pela audiência? É muito triste, lamentável! Eu só espero que a obra que realizam (salvar almas perdidas) possam redimí-los!

    Despeço-me desejando a todos um bom domingo (repleto de muita paz e harmonia) e um bom feriado, com didnidade e respeito.

  8. Lúcio Cardoso setembro 11, 2009 às 8:28 pm #

    Pelé,

    como eu te falei ainda existem homens pregando a verdade do Evangelho de Jesus.

    Leia o texto abaixo e me diga o que achou.

    http://www.ricardogondim.com.br/Artigos/artigos.info.asp?tp=61&sg=0&form_search=&pg=1&id=1999

    Abração.

Deixe uma resposta