About pelegrini

Author Archive | pelegrini

MEGA-BOM, QUANDO VIR ESTA MARCA DESISTA.

As vezes fico sem entender o comportamento de certas empresas. Com a tecnologia que nós temos hoje, a facilidade de comunicação, serviços prestados por bancos e terceirizadas, ainda vemos coisas que posso chamar de absurda.

Tenho observado que o supermercado Mega-Bom daqui de Valença não se toca em relação aos servicos bancários, por exemplo: quem já esteve em uma fila de banco que viu um funcionário desse supermercado na sua frente que não se desanimou? Quando chega a vez do rapaz é um desespero pra quem está na fila. Ali ele pega os documentos por etapa; primero tira um pacote de cheques e entrega, depois pega duplicatas, depois dinheiro pra contar… É um desespero total. Já chegeui a marcar no relógio o tempo que ele levou com o caixa, 1 hora e 26 minutos.

O pior de tudo é que ele está fazendo uma péssima propaganda do seu estabelecimento, porque o funcionário ainda vai vestido com a farda do supermercado. Com certeza, a pessoa quando sai do banco se tiver vontade de comprar alguma coisa por lá certamentre desiste só de raiva que passa.

Caros diretores do Mega-Bom, os bancos hoje em dia tem bons serviços pra clientes do seu porte, não vejo necessidade de se ocupar um funcionário da sua rede só pra fazer este tipo de trabalho,  basta entregar o malote com seus compromissos e ir buscar o serviço pronto no dia seguinte. E aquele rapaz que ganha a antipatia do povo, passaria a levar suquinho e água pra aquele povo que está na fila sacaneado, garanto que os resultados pra sua empresa serão melhores.

Um mega-negócio no natal pra os senhores.

Comentários { 5 }

SENADO AUMENTA EM 7.343 O NÚMERO DE VEREADORES NOS MUNICÍPIOS

da Folha Online

O Senado aprovou nesta quinta-feira a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que aumenta dos atuais 51.924 para 59.267 –acréscimo de 7.343– o número de cadeiras nas Câmaras Municipais de todo o país. A emenda será promulgada pelo Congresso ainda nesta quinta-feira (18) e entra em vigor imediatamente.

A medida altera a proporcionalidade de vereadores em relação ao número de habitantes do município. São criadas 24 faixas de número de vereadores: os municípios com até 15 mil habitantes terão nove vereadores, enquanto os municípios com mais de 8 milhões de moradores terão 55 vereadores.

O projeto previa que a alteração no número de vereadores já valesse para os eleitos em 2008, mas uma decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) impediu que os novos 7.343 legisladores assumam em 2009.

A PEC foi aprovada devido a um acordo de líderes que permitiu a realização de sessões extraordinárias seguidas, contando prazos de votação –a PEC precisa ser discutida por cinco sessões, em primeiro turno, e por três, em segundo turno.

No primeiro turno, a emenda recebeu 54 votos favoráveis, cinco contrários e uma abstenção. Poucas horas depois, no segundo turno, ela obteve 58 a favor, cinco, contra e uma abstenção.

Toda a discussão foi realizada com as galerias do Plenário do Senado lotadas de suplentes de vereadores, que estavam em Brasília desde o início da semana para a votação.

Novos gastos

Nesta semana, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado retirou do texto o artigo que reduzia os percentuais de repasse das receitas dos municípios para as câmaras. Com a mudança, as câmaras municipais vão continuar a receber o montante previsto pela Constituição Federal, sem aumento nos gastos mesmo com a criação dos novos cargos.

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) tentou convencer os senadores a aprovar uma emenda ao projeto que proibia as câmaras de aumentar seus gastos em 2009, comparando-se com 2008. A sugestão foi ignorada porque se fosse aceita, o projeto teria de retornar ao exame dos deputados, para votação da mudança.

A emenda constitucional aprovada busca resolver uma polêmica criada em 2004, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) baixou uma resolução estabelecendo instruções sobre o número de vereadores a serem eleitos segundo a população de cada município.

A resolução redistribuiu os municípios em 36 faixas e deu nova interpretação à matéria, reduzindo o número de vereadores em 2.409 municípios. A decisão do TSE proporcionou ainda aumento no número de vereadores em 19 municípios.

Bate-boca

Nesta terça-feira (16), vereadores que fazem lobby no Congresso pelo aumento no número de cadeiras nas Câmaras Municipais de todo o país trocaram insultos nos corredores do Senado.

A confusão teve início quando o vereador Ivan Duarte (PT-RS), do município de Pelotas, concedeu entrevista à imprensa manifestando sua posição contrária à PEC. Cercado por outros vereadores que defendem a proposta, o parlamentar acabou hostilizado –o que provocou um amplo bate-boca.

Os vereadores favoráveis à PEC acusaram Duarte de ser “marajá” e “capacho de prefeito” –depois que ele afirmou que a proposta não deve ser aprovada pelo Congresso no final deste ano.

“Entendo que este não é o momento adequado. As regras tinham que ter sido mudadas antes da eleição”, afirmou.

O vereador Gonçalves (DEM-GO), do município do Novo Gama, partiu para o ataque contra o colega. “Você deveria ficar calado. Antes você defendia a PEC e agora que se elegeu não quer mais que aumente”, afirmou.

Em resposta, Duarte argumentou que as mudanças deveriam ter sido apreciadas pelo Legislativo antes das últimas eleições municipais de outubro. “Eu só acho que não pode ser depois das eleições. A população da minha cidade votou em 15 vereadores e não em 23”, disse o vereador de Pelotas.

Comentários { 7 }

SAI SAAE

Meus amigos, ninguém merece a água que o SAAE está mandando prá nós. Moro aqui em Valença há 27 quase 28 anos, nunca a água foi bem tratada, mas ultimamente está demais, e eu chamo isso de irresponsabilidade, descaso, falta de respeito ao consumidor. Como pode uma água nesse estado chegar ás nossas torneiras? Será que eles não veem?

Quero protestar, afinal de contas quem sofre é o nosso bolso. Já faço meus picolés com água mineral, e agora estou sem opção de como lavar nossos equipamentos, não posso mais fazer isto com a água que vem direto do SAAE, porque até para filtrar a água o gasto está sendo alto, nossas velas são um pouco cara, e não está mais valendo a pena comprá-las, me parece que é melhor lavar com água mineral.

Quando é necessário usar uma água de fonte mineral pra fazer quase tudo, é porque está na hora de bater em retirada sr. Jailton. Não esqueça que a impressão que fica é a última que deixam. Por outro lado fizeram algo de bom, deixando a água nesta péssima qualidade, porque assim aproveitaremos para dia 1 de janeiro darmos uma descarga nesta administração que até a água deixou suja.

Olha a água mineral!

Comentários { 1 }

MAIS DENÚCIAS DO CONCURSO PÚBLICO DA CÂMARA

O Vereador Jairo Baptista, enviou documento à Promotoria de Justiça de Valença, no dia 05 de dezembro próximo passado, na tentativa de somar provas às denúcias. Vejam a íntegra do documento:

Excelentíssimo Senhor,

Com o objetivo de subsidiar denúcias relacionadas ao concurso público da Câmara Municipal de Valença, encaminho cópia da correspondência (já publicada aqui neste blog no dia 17 de dezembro, sob o título: ainda a fraude do concurso público da Cãmara) remetida  ao Presidente da Câmara, sr. Bertolino de Jesus, em 24 de março de  2008, devidamente protocolada em 25 de março do mesmo ano. Nenhuma providência foi tomada até o presente momento, o que me deixa perplexo diante de um assunto de tamanha complexidade.

Atenciosamente,

Jairo de Freitas Baptista.

Vereador-PMDB.

Está ai a seriedade desta Câmara.

Comentários { 1 }

LULA VAI E VEM

Na inauguração do anel viário do aeroporto, o Presidente Lula cobrou do prefeito de Salvador a conclusão do Metrô em seu discurso vai e vem. Vamos ver como foi:

vai:

“Nós precisamos inaugurar esse metrô de Salvador, quer dizer, eu não sei o que que tá acontencendo no metrô João, mas nós precisamos inaugurar esse metrô”.

vem:

“O que que tá acontecendo? Mas o prefeito não tem culpa, o prefeito não tem culpa, o que que tá acontecendo? U, u, u, uuu, uu metrô tá sendo construído, tem empresa contrada, mas o que acontece? o Tribunal de Contas diz que encontrou irregularidaes. Agora veja que absurdo,  enquanto encontra uma irregularidade vamos trabalhar com seriedade, pra gente consertar essa irregularidade ou fazer qualquer coisa pra obra continuar”.

Ficou com medo Presidente?

Comentários { 4 }

AINDA A FRAUDE DO CONCURSO PÚBLICO DA CÂMARA

Quero aqui reforçar sobre a suspeita de fraude no concurso público da câmara. Desde o dia 24 de março que o vereador Jairo Baptista vem atento para as questões da mesma, vejam a íntegra do oficio enviado pelo vereador ao presidente da câmara:

Valença, 24 de março de 2008

Senhor Presidente,

Venho através deste expediente comunicar a V. Exa. que estou me afastando da Comissão Especial para acompanhamento do Concurso Público,  em caráter irrevogável.

Outrossim, comunico ainda que, o motivo da minha renúcia foi causado por uma informação dada por telefone pelo responsável da SELETA CONSULTORIA, empresa responsável, pela realização do concurso público da Câmara Municipal de Valença, que a comissão criada por esta Casa para acompanhar o mencionado concurso, não tinha nenhuma autonomia, foi criada apenas como praxe, que na verdade quem mandava era o Presidente da Cãmara, e o mesmo já tinha decidido tudo. Por isso, a única opção foi o meu afastamento.

Colho da oportunidade para renovar protestos de estima e consideração.

Atenciosamente.

Jairo de Freitas Baptista.

Vereador-Autor PMDB

Então vejam o que diz o responsável da empresa Seleta Consultoria, sinal de que indicíos de fraude o vereador Jairo já suspeitava, e ainda diz: “a comissão foi criada apenas como praxe… quem mandava era o Presidente da Câmara, e o mesmo já tinha decido tudo”. Mandava em que? Decidido o que? Quem ia passar? Quantas vagas dos seus apadrinhados e quantas do resto?

Uma empresa que realiza concursos e se presta a fazer isto, tem que ser investigada, não tem credibilidade.

Comentários { 2 }

A CÂMARA DESACREDITADA

A nossa câmara anda em maus lençóis, recentemente teve suas contas reprovadas pelo TCM, denúcia de suspeita de fraude no concurso público.

É preciso que se tome providências no sentido de esclarecer a população dessas irregularidades que vem acontecendo na Câmara, pois já chegamos ao fim do último mandato desse presidente. Queremos saber como o vereador Bertolino de Jesus vai se explicar ao TCM que reprovou suas contas e o que vai acontecer a ele.

Sobre o concurso público denuciado pelo vereador Jairo Baptista, o que ele tem a dizer? Um leitor falou no comentário de nosso blog que a filha dele ficou em terceiro lugar, e que será convocada com a desistência dos dois primeiros lugares. Como alguém sabe disso? Vamos esperar pra conferir

São  coisas muito graves, o presidente precisa se explicar melhor, afinal vamos te-lo de novo como vereador por mais 4 anos.

Pronto Senhor Bertolino, agora peça ajuda a Deus e o povo mais uma vez.

Comentários { 17 }

O ADIVINHO

Meu sogro é uma das pessoas mais importantes na vida da minha família, maior exemplo de honestidade, simplicidade e bom caratér que eu conheci. Já foi músico (o melhor trompetista de Valença, ou talvez do Brasil). Hoje é viúvo, aposentado, mora sozinho em uma casa na Moenda, onde tem vários amigos. Gosta de tomar umas e outras, mas não perturba ninguém… Só eu (risos).

Sempre preocupado com a família, liga pra saber notícias de todos, Atendo o telefone; -Alô!

-Alô, Washington?

-Fala seu Ivan.

-Como estão todos?

-Tudo bem seu Ivan.

-E Marivan, como vai?

-Bem, graças a Deus.

-Mariana, Dani, tudo bem com eles?

-Tudo na paz.

-E Sida ligou?

-Ligou; Theo, Thaís, Cristophe e ela estão bem.

-E Vaninha, Lore e Nara?

-Estão todas bem, com saúde.

-E Ivamar e Itinho

-Tudo em paz seu Ivan.

-Certo, então tá, viu fio?

-Viu seu Ivam.

-Ei, Washington?

-Oi seu Ivan.

-Adivinha o que eu vou fazer agora? (Pergunta com ironia)

-Vai tomar uma “61” (respondo com tom de sacanagem).

-Iiiiiii rapaz! Voce adivinhou até a marca! (E morre de rir)

-Tchau viu fio? (Ainda rindo)

-Tchau seu Ivan.

Vida longa pro senhor seu Ivan, porque sabe viver cada minuto da vida. Vai tomar suas “61”, “51” e mais outros uns. Com moderação viu?

Aposto que terminou de ler e foi tomar uma.

Comentários { 21 }